ACABOU DE SER DEMITIDO? Veja essas 5 dicas importantes para você

Ser dispensando de suas funções nunca é um momento fácil, principalmente considerando a situação econômica atual do país. A palavra “desemprego” assombra muita gente e quando ocorre, é difícil saber o que fazer ou por onde recomeçar. Se você se encontra em uma situação semelhante e acabou de ser demitido, veja essas 5 dicas importantes para você que podem te ajudar neste momento.

quando-pedir-demissao

1. Não entre em pânico

Quando o desemprego bate à porta, o desespero o acompanha, mas saiba que isso não vai ajudar em nada. Mantenha em mente que essa situação é temporária e que você em breve estará atuando no mercado novamente. Em alguns casos, a pessoa desempregada acaba desenvolvendo alguns problemas como a ansiedade. Se você sentir que está perdendo o autocontrole, procure ajuda médica.

2. Organize seus gastos

Obviamente, você vai passar por um período de controle de gastos, então nada de consumir e comprar coisas desnecessárias. Coloque na balança o que é indispensável para sua família e economize ao máximo para que nada falte nos próximos meses. Não é possível prever quando você estará de volta ao mercado de trabalho, por isso, você deve otimizar seu seguro desemprego. Se você ainda não solicitou o benefício, acesse agendar seguro desemprego e se informe!

3. Não se torne ocioso

Procure por emprego todo dia pois esse será seu foco principal. Se possível, pratique exercícios físicos, de preferência fora de casa já que este será o ambiente que você mais frequentará no dia-a-dia. Invista nos hobbies saudáveis e em atividades que você julgar agradáveis. Você pode também buscar um curso online ou de curta duração para utilizar o seu tempo de forma produtiva.

4. Atualize seu currículo

Se informe sobre a sua área de trabalho. Como os profissionais do campo que você atua tem organizado seus currículos? O que você pode fazer para se valorizar profissionalmente? Na internet, você encontrará oportunidades de cursos gratuitos. Busque melhorar em um idioma ou agregar ao seu currículo habilidades desenvolvidas neste período. Não desperdice o seu tempo!

5. Seja flexível no mercado de trabalho

Criar expectativas e ficar esperando o emprego dos sonhos cair no seu colo, com certeza é algo que você não deve fazer. Na  hora de procurar oportunidades de emprego, seja flexível! Mesmo que a vaga não seja na sua área de preferência, arrisque. Outra opção também é tentar atuar como Freelancer para fugir do ócio e conseguir um dinheiro extra. Enquanto uma ótima oportunidade não aparece, lide com o que você tem a mão!

5 vantagens de trabalhar como freelancer

Trabalhar como freelancer é o sonho de muitos brasileiros ativos no mercado. É um modelo de empreendimento ainda novo no mercado e com muito a crescer. Causa um certo receio em quem curte estabilidade Mas algumas vantagens podem convencer os trabalhadores do contrário emigrar para o formato alternativo de ganhos. Confira algumas vantagens de ser freelancer a seguir.

freela

Vantagens de trabalhar como freelancer

Freelancer o trabalhador sem vínculo empregatício formal e fixo com uma única empresa. Ele não assina carteira assinada e por isso não possui seus direitos cobertos pela Consolidação das Leis Trabalhistas, a conhecida CLT.  Pode pagar seu INSS avulso e tem direito a uma aposentadoria da mesma forma.

Como freelancer você pode curtir como vantagens:

Tem liberdade de horário

Um trabalhador formal atua entre 6 e 8 horas por dia com uma hora de almoço e um dia de folga por semana. Caso precise modificar esta carga horária precisa pedir permissão para empresa e pode receber uma negativa. Até mesmo para ir ao médico precisa avisar antecipadamente e pedir uma justificativa ou não receberá salário pelo dia ausente.

A liberdade de horário do freelancer é um dos pontos mais ressaltados por profissionais com esse modelo de negócio. Ele pode simplesmente adiantar  seus projetos e iniciar o fim de semana na quinta-feira vou tirar mais dias de folga se for necessário.

Aumentar o seu salário quando quiser

Os ganhos de um freelancer são diretamente proporcionais a sua dedicação ao trabalho.  Com um emprego formal o funcionário fica restrito ao salário mínimo na maior parte dos casos. Com o freelancer não é assim.  Ele pode triplicar os ganhos em um mês se houver mais dedicação.

Mais oportunidades de trabalho

Enquanto trabalhando para uma única empresa você consegue executar um tipo de serviço também recebe o mesmo salário todos os meses. O freela tem todo o mercado à sua disposição e assim consegue aumentar muito mais do seu salário. Pode trabalhar com empresas do seu estado ou de diversos países dependendo do tipo de serviço prestado.

Aprende-se constantemente

Em algum momento da vida o funcionário com longa data em uma única empresa acaba se tornando uma parte dela e apenas “mais um”.  Ele fica restrito ao método de operação cultuado por seu antigo chefe e caso modifique de trabalho pela muita dificuldade de adaptação.

Como freelancer o profissional acaba em encostante reciclagem porque lida com diversos tipos de clientes e tipos de empresa.  Com um pouco de obrigatoriedade acaba buscando conhecimento o tempo todo para fornecer o melhor serviço e driblar a concorrência e se torna um pouco mais capacidade que os demais da sua área.

Maior produtividade

O que todos precisamos é de um incentivo e poder fazer nosso próprio horário. As empresas não permitem isso mas o freela pode. Ele pode executar tarefas mais rapidamente para finalizar mais cedo ou para pegar novos trabalhos. Seja qual for o motivo é uma tendência natural para o freelancer trabalhar mais em um curto espaço de tempo uma vez que o seu salário aumenta com isso e na empresa não.