Agora, não é somente o público de língua de portuguesa que pode ler um pedaço do cenário da arte e tecnologia no Brasil. A pesquisa “A Arte do Cibridismo” ganha uma versão em língua inglesa, resumida, mas ainda assim explicativa de todo o projeto.

A tradução ficou por conta de Mike Chatwin.

O texto entregue para ganhar a versão anglo-saxônica foi a mesma que a Fundação Bienal de São Paulo premiou no ano passado.

Para acessar o arquivo na íntegra é só fazer o download aqui.