WebJ. Ou WebJockey. É este conceito que a artista e pesquisadora Giselle Beiguelman discutiu em sua obra egoscópio, de 2004. Nela, qualquer um poderia mandar mensagens, fotos e animações em flash para aparecer em um telão como se fosse uma “grafitagem eletrônica”. O título da obra também levanta outras discussões. Não só se pode escolher o que será projetado em uma galeria de arte, como isso demonstra o caráter um tanto quanto vaidoso de nossa parte. Afinal, é parte de uma...

Tags: , , , ,

Continuar lendo