Não recusarei desafio, minha mente é atrevida

Não penso em recuar

Embora só, conjugo o verbo amar

O futuro é hoje em minha Vida

Cuidar de mim mesmo é respeitar aos outros

E, quando o choro vem na noite fria

Como um carvalho resisto a ventania

E venço os estremos pouco a pouco

Pois o tempo e a solidão são meras ilusões