Apostar no futuro sem numerário

É arriscado; apelo pra Deus!

Porque os erros foram meus

Minha vida, meu pão diário!

Não o que o diabo amaçou

Crente eu sou!

Não quero ser hipócrita

 Um erro dá lugar a outro

Quero meu espirito solto

Enriquecido de palavras boas

 Não quero andar atoa

Ser simples sem medo da verdade

Que ilumina minha mente

Mesmo que digam que sou um demente

Clara, as vezes obscura pela vaidade

Das pessoas que no fundo,

Amam mais o deus deste mundo.