Arquivo de 9 de dezembro de 2010

Imagem 008

Eternidade

Que digo do tempo?

Rima com vento!

          Por vezes se transforma em furacões,

          que num instante muda a vida de tanta gente.

A velocidade e o tempo,

o tempo não é veloz!

          Contagem que se faz do momento,

mas o momento

pode durar quanto tempo?

Espere um momento…!

O computador está lento…!

Vão se minutos e horas…

 

Nosso corpo pende com a gravidade;

          o envelhecimento se assemelha a doença,

          não me fale em crença!

Nossa vida deveria ser eterna,

onde cada hora deveria ser um momento.

          Por não se tratar de tempo,

 

diriam um instante meu bem…!

E ficaríamos pensando…

A que horas vai passar esse trem?

 
 
 
 
 

 

Madrugada

Acordar de madrugada

na brisa do ventilador,

a mente leve,

o pensar é fácil,

o escrever é um momento longo,

algo que se eterniza

(como a noite parece eterna

ao passear no teclado)

a logica de Descartes parece algo palpável,

um avião passa no céu com o som de suas turbinas,

o ventilador é barulhento disputa com o avião,

a quietude da noite parece algo mágico,

nada é trágico,

tudo são verbos a pegar com as mãos

onde as palavras fluem,

sem enigma,

sem estigma,

estendo a mãos pra eternidade,

aqui um homem que quer e sabe

                     o que é o amor.