Sou o homem atravessando a rua.

Estou, não sou!

 

Sou a planta que nasce no tronco da árvore.

Estou, não sou!

 

Sou o menino que perdeu a bola.

Estou, não sou!

 

Sou o sol que se põe pela tarde.

Estou, não sou!

 

Sou um pássaro perdido sem ninho.

Estou, não sou!

 

Sou o homem que cresceu, mas ainda é um menino.

Estou, não sou!

 

Sou a coragem que me abandona.

Estou, não sou!

 

Sou em tudo e a todos!

Estou, não sou!