Pássaro da liberdade decole

abrindo suas asas espalhando as folhas secas.

Carregue a mente dos homens de luz,

onde há o peso nos ares

na incerteza velada nos muros.

Rasgue o véu do fundamentalismo

rompendo a resistência do egoísmo;

o som de tua voz não se cale

para injustiça humana do regime duro

na libertação do povo afligido.