Juntar os fragmentos do cotidiano

Somar os planos

Num mundo urbano!

O homem tocando jazz

Dando ritmo a praça

Toca de graça?

Toca de graça?

O bolso sem um tostão

Voam os pés!

Voam os pés!

Sinal vermelho

Agora são pedestres

Que se enfiam nos ônibus

É jazz, é blues!

É jazz, é blues!

É jazz, é blues!