A felicidade

vai inundar

a cidade

num tsunami

silencioso.

 

E pegará todos de surpresa.

 

Não faltará nunca mais

o amor em cima da mesa

e soarão desde os céus

as trombetas.

 

Chegará de madrugada

e amanhecerá tudo

como era na infância.

 

Apagarão

de uma só vez as mentes com malicia,

os conhecimentos

dos sábios pessimistas

e a vida será uma cantiga de roda.

 

Os contidos e os fechados

falarão,

chorarão de emoção

ao ver que já não há mais falsidade

e daremos gritos

de alegria e de louvor,

porque chegou de repente

o amor.