Subam versos subam

Sobre o pôr do sol

Com versos simples

Pesquei a alegria com anzol

No terminar do dia

Joguei fora a apatia

Num jeito a deslizar

Pois não chego a esses exageros

De quem chega a meditar

Sobre tudo que há

A mão de Deus pintou o dia

Para quem para e olha

Ao longo da orla

O vento sopra e bate

Segredos do universo

Onde debruçam as ondas

Molhando as praias

Infinitos grãos e partículas

Cada grão um letra

Unidas formam versos

Que dizem que a partícula de Deus

Está em toda parte.