Estava pegando água para o café

quando me apareceu uma esperança

verde

mexendo os pés

ou patas.

Não podia matá-lo

nem expulsá-lo,

pois eu estava deprimido.

Poderia dizer:

cante grilo, cante!

E me alegrarão por um

momento,

os olhos e os ouvidos.