A curvatura da terra.

A terra é curva

como uma uva.

E o drama humano se parece

com um fabula de La Fontaine;

a raposa despreza a uva

por não poder alcançar.

A história se repete,

como homem preso sem poder

andar.

Mas a sabedoria quebra as correntes,

o destino poder traçar.

Inomináveis, inomináveis

guerras com suas sequelas.

No poder

ditadores que querem ser

um destaque na passarela.

Presumem serem os donos

da verdade.

E quando são depostos

nada, nada

de saudade.