Eu e meu irmãozinho enchíamos

os bolsos com imbuas e dizíamos:

Estamos ricos!

Estamos ricos!

A riqueza de brincadeira

fazíamos com ingenuidade

na infância tão pura era fácil

a felicidade,

porque a riqueza maior

não é aquela de prata ou ouro,

o que na infância rico tesouro

é aquela que se reparte com alegria,

porque a tristeza maior é a constatação

de que estamos profundamente sós.