Um abraço no espaço

arrancando o ar

das raízes que seguram

o que faço

amenizar a dor

um balsamo de alivio

um olhar que acalanta

como o brilho da flor

e por cima das penhas

por cima dos montes

espalhar a semente

uma palavra de amor

porque a palavra

tem poder de fazer

e acontecer

tanto a que fere

como a que cura.