Frio cortante

Corta a fronte

Do mirante

Quem segue

Avante

Nesse mundo

Revoltante

De seres errantes

E a maioria erra

E ainda berra

Por ter o saco

Cheio de cacos

De

Imundos elefantes.