Reverberar sentimentos

açoitados pela dor

dor de não poder mais

não disser tanto faz

 

Após a tempestade

brota uma flor

à beira do ribeirão

e colher pela mão

calejadas de sol

 

Não empata

se dilata

o poço fundo

cheio de cores

do meu mundo

tão pouco de saber

mas as flores

que plantei

estimula-me a vencer.