O que fiz eu?

Como fiz eu?

Momentos passados

em lampejos da memoria

porque nossa história

são marcas que deixamos

O que foi plano

nas trilhas

que supomos

ser um atalho

(sem saída)

sentimento sem medida

de percalços sob o olhar

definir o indefinível

o que parecia visível

num atravessar a estrada

rápido e afoito

e suspirar.