Os fatos que ocorrem em nossos tempos nos obriga a ter muita resiliência e perseverança para não desanimarmos em busca de nossos sonhos.

Sonhar é necessário e imprescindível para vivermos uma vida, digamos, animadora frente aos obstáculos que surgem na nossa frente.

Nosso maior inimigo é a opressão dos fatos. Fatos esses que parecem muitas vezes um gigante que surge na nossa frente, caçoando e jogando impropérios na nossa cara.

Mas esse gigante se transforma em um anão, quando nossa fé e decisão para a vitória é maior , principalmente sobre nós mesmos.

Nossa fé tem que ser maior do que o fantasma que surge em nossos olhos.

A história de Davi e Golias é uma boa alegoria para estas questões que tanto nos oprime.

 

Fazer da existência o direito de criar 

 

Acreditar em si mesmo é crer no próprio homem

 

Ungido para orar a prece de andar 

 

Com suas próprias pernas em passos que somem

 

Ao sabor do vento indeciso 

 

Mais é preciso persistir no sorriso

 

Na flagrância do cheiro dos arvoredos

 

Despejar do próprio peito aquilo que nos faz viver

 

Olhar acima dos rochedos  

 

E em cada manhã encarar a vida

 

Não como uma despedida

 

Mas como um novo amanhecer