Uma turva, duas turvas, três turvas

Tornou-se uma

De um povo

De um País de parte alguma

Indefinido futuro

Derrubando muros

Pra quem deseja vida

Melhor

Desmedida

Incontida

Para um País

Que quer ser dono

Do seu nariz.