Arquivo de 26 de julho de 2016

E se a luz

E se a luz

Que brilha

Fizesse jus

A trilha

Do chão

Que se pisa

Como afago

De irmão

Como atalho

Pra felicidade

Ingênuo peito

Sem maldade

Assim meus

Ombros

Terminassem

Em sonho

Com Deus.

Aviso!

Peço por favor, vocês leitores, deixem um comentário!