Num momento

eu disse sim ao

vento

como um pássaro flutua

no ar

Olhando os montes me pus a

meditar:

Vou voltar a ser criança

na minha velhice

tornar os momentos longos

pois o tempo do meu corpo

será o tempo da eternidade

Foi Deus quem quis

e disse

 

E a sabedoria de minha mãe

guardarei no coração

Como ela diz o tempo todo:

-Filho não fique môco!