Arquivo de junho 2017

Fazer um mundo melhor

Fazer um mundo melhor

O que você tem nas mãos?

Meu irmão!

A ferramenta do seu talento

não deixe se perder ao vento

É dever de nossa geração

dar o que se tem

não qualquer coisa de desdém

Faça o que for possível

para se repousar tranquilo

lance seu pão mais além.

Fraternidade

Fraternidade

não tem idade

Bate no peito amigo

uma oração

quando se vê que tudo

faz sentido

quando se sente o calor

de irmão

Afasta o frio da madrugada

quando se tem o amor

da mão amada

quando a cama

é só o chão.

Um louva-a-deus

Um louva-a-deus

entrou no nascer

do dia pela janela

do meu quarto

Eu como num salto

fui pego de surpresa

Um enorme louva-a-deus

verde

tentando subir na parede

Peguei-o com delicadeza

e soltei-o para fora

e escrevi estes versos

para que fique na memória:

Um louva-a-deus não é um simples inseto!

Almas viventes

ALMAS VIVENTES l

 

É dia deste lado do mundo

e as nações andam pisando em

ovos

nestes poucos séculos de acumulo

de conhecimento

o Homem permanece “o mesmo”

desde da sua criação

e qual opção debaixo do firmamento

quais os princípios

que se tem desde o inicio?

se não

purificarmos a alma

com o amor simples

simples amor

como principio

não o amor paixão

mas o amor que acalma

contém a bala

a bomba do suicida

a fúria do homicida

e o orgulho do ditador

 

 

 

 

ALMAS VIVENTES ll

 

E cultura do descartável

despeja nos depósitos

de lixo

tudo que já se tinha visto

na procura do novo

na manipulação

do dinheiro do povo

esqueçam esquerda ou

direita

pois remar contra a maré

é mais do que ter

é lembrarmos que ainda

nascem crianças

numa politica

que se agita e grita

nos discursos

que geram desconfiança

e tudo que foi dito

e escrito

permanecem

no exemplo

de Cristo.

Viralizar

Viralizar

Contagiar

Vírus

Espalhar

Como doença?

Desculpe

A minha

Crença

Sem

Desavença

Palavra

De

Conotação

Negativa

Viralizar

A própria

Vida?

Versos para quem é passarinho

Manhã com sol

no frio de treze graus

O rapaz passa de bicicleta

fazendo malabarismo

Outro passa com um passarinho

enjaulado

Da minha casa na minha rua quieta

como eu gostaria de aproveitar o sol

no meio do caminho

e libertar todos os pássaros

das mãos que prendem

Os pássaros não são corruptos

não tem

a maldade humana

não sabem de jornais

não cometem estupro

E tudo que sabem é voar

nos ares

Suas armas são suas asas

os seus cantos

como os versos de um

poeta:

Um revoar de pranto

nas varandas das casas.

Vento contrário

Como vento contrário

as aflições

sopram como obstáculo

as nossas canções

E o que se tira

de ensinamento

é a confiança

que os erros meus

não mais são lamento

firmando-se

nas mãos

de

Deus.

Meus livros

Aconselho a todos que gostam de meus escritos, que comprem meus livros; eles estão à venda na SARAIVA!

Fala escrita

Fala escrita

como um elevo

da alma…

E de mim dita

com calma…

Esperançando

no presente

Porque o

futuro

é tudo que a gente

sente

e vive

no hoje.