Em meio ao calor da noite de

verão

que anuncia as chuvas que

virão

A tua palavra ó Deus

é como a brisa fresca da

manhã

que refrigera os poros

em meio a todo o afã

nos dias de carnaval

Pois alimento o meu

conhecimento

debaixo de tuas asas

rompendo com todo

o mal

que circunda minha vida

pois só em ti eu encontro

saída

do maligno

e em ti entrego tudo

não ficando mudo

nas minhas pequenas

letras

porque não há

empreita

de onde eu não possa

sair.