Nestes episódios recentes de verdadeiras tragédias humanas e ecológicas. O que falar sobre o descaso e a falta de prevenção de empresas que visam o lucro em detrimento as vidas humanas? Barragens humanas sem consistência retratam o descaso no Brasil para com a falta de planejamento e o esquecimento de atitudes positivas no sentido de maior segurança e fundamentos mais firmes para com a real necessidade de uma cidade e seres humanos; extrapolam o inaceitável e incoerente anti-progresso, a que o País está submetido. Esses mesmos responsáveis nem sabem se autoconter em suas próprias barragens, dos seus bolsos.