Sou poeta aprendiz

que se alimenta

de tudo que se faz

e diz

Digo para o riacho:

Serás a fonte

onde me acho!

De tudo que escrevo

ou escrevi

São coisas do hoje

coisas

de valor

não coisas que nunca

vi ou ouvi.