O amor mergulhou

No rio

Entre braços

E igarapés

Sem cuidado e sem

Pudor

Como flor

Despetaladas

Não deu em nada

Nada, nada, nada

Pois o amor

Sem pudor

É como terra desvegetada

Ou você acha

Que Eva

Não ficou envergonhada

Por insensatez

Por sua

Nudez?