Quando alguém
me bate a porta
de supetão
Seria ou seria o
velho
barbudo
O capitão?

Com terno azul
dizendo palavras
rudes
não palavrão

que se gaba ter viajado
muitos mares
como se fosse
um simples
açude
um oceano

e ter acordado
bem de manhã
que por muita
pressa
tomado dois
copos d’água
e duas maçãs

pois o mar alto
não é de ninguém
O mar engarrado
não se compra
e não se vende
por qualquer
simples alguém

pois foi e voltou

por conhecer
muitas trilhas
e repousado
em ilhas e ilhas
e guardado muita
informação

O mar não aceita
qualquer
amador
O mar só aceita
doutor.