Francisco Dito Filho

Foto de perfil de Francisco Dito Filho

Um fazedor de versos. Escritor e poeta radicado no Rio de Janeiro, natural do Ceará. Meu objetivo é instruir o leitor de forma sincera e honesta que possa levar alguma luz aos olhos de quem lê.

Homepage: http://culturadigital.br/members/nilton10/


Artigos por Francisco Dito Filho

Meio dia

Sinto o cheiro de carne

assada

no

ar

Nada que possa

me transladar

pra coisa

alguma

como

vegetariano

iniciante

Mas

antes de estar

distante

da minha

inspiração

na salvação

do amor

Concluo

com o mais

profundo

sentimento

bem

favor.

O filho pródigo

   “Um pai tinha dois filhos”, assim Jesus começa a parábola do filho pródigo. Uma obra de engenho e arte, pois não há forma melhor de se contar uma história que de tão eficaz, nos mostra o amor de Deus para quem se arrepende. O filho voltou para casa de seu pai com o discurso ensaiado, mas o pai vendo o arrependimento do mesmo o retribui com tudo o que ele havia perdido. O amor de Deus é incomparável e sua justiça incomensurável. Não há o que duvidar de sua razoabilidade em contraparte a justiça humana.

A fé sem obras é morta!

A fé sem obras é morta!

Quem crer em Deus e

sua palavra

fará obras

Como quem lavra

a terra

e acredita na chuva

serôdia

também na chuva temporã

pois quem crer

naturalmente

acreditará

no amanhã

e acreditar

implica em ação

e

não

espera acontecer

mas

realizar.

Ninguém pode servir a dois senhores

“Ninguém pode servir

a dois senhores”

“Ou há de odiar um

e amar o outro”

Assim disse

o Mestre!

Como ninguém

segue por dois

caminhos diferentes

Pois tem que agir

para uma opção

ser duradora

Como não se escolhe

dois doutores

com remédios

diferentes

Para ser coerente

não se pode

agir escolhendo

dois como que

de repente

É preciso pensar

e executar

De forma alguma

matar

para depois vivificar

como gente

É preciso

um caminho

Amar.

Vida Eterna

“Porque a água que

eu lhe der se tornará

uma fonte de água que

dará

vida eterna”

Jesus nos dá

fonte de vida

eterna

Não qualquer

fonte

dada por alguém

que se intitula

representante

do além

Mas a palavra viva

que se perpetua

em vida

e

transborda

para eternidade

sem saudade

ou simples

saciedade

passageira

da alma

Do corpo

exposto

à sua própria

vontade

O que está

escrito

na Palavra

do Verbo

que antes do principio

e não teve inicio

e nunca

terá

fim.

O Envangelho

Há uma verdade

O Evangelho

é eterno

como eterno

se faz

o que não houve

tempo

nem pra frente

nem pra trás

Ele existe simplesmente

não inventado

nem planejado

por homem algum

O que na internet

de repente

como que pregado

num simples contar

de um em um

O Evangelho

esteve

e estará

onde Deus

habitar.

Escrevi e escreverei

Por tantos versos já

andei

mas ainda persevero

não de notório

meus versos

escrevi e escreverei

Pois ainda de

tão simples

meus versos

serão

e

marcarão

os mil poemas

que não tão

certo

escrevi e escreverei.

Para onde voa o pássaro?

Para onde voa o pássaro?

De manhãzinha

vi um pássaro ou andorinha

deslizando no ar

num navegar o espaço

traçando voltas

Como que de repente

não houvesse

gente

no mundo

nem sobressalto algum

que pudesse deter

esse seu parapente

O que

em poucos segundos

me fizesse inspirado

para

escrever.

Pedido

Amigos leitores, por favor, quero saber de vocês o que acharam de meu blog como um todo. Se os primeiros poemas são pior ou melhor que os últimos? Se os poemas são muito curtos? Deem suas opiniões!

Dar mais que receber

Dar mais que receber

e mesmos assim

não se abater

Como é difícil

meu Deus!

Pois os erros

meus

estão sempre

diante

de mim

mesmo os erros

que no passado

não tiveram

fim

Corre nos meus

ombros

um assombro:

A carga de

pensar naqueles

que sem fé

com tudo assim

não tem

Deus.