Contos e Crônicas

Barragens humanas

 

    Nestes episódios recentes de verdadeiras tragédias humanas e ecológicas. O que falar sobre o descaso e a falta de prevenção de empresas que visam o lucro em detrimento as vidas humanas? Barragens humanas sem consistência retratam o descaso no Brasil para com a falta de planejamento e o esquecimento de atitudes positivas no sentido de maior segurança e fundamentos mais firmes para com a real necessidade de uma cidade e seres humanos; extrapolam o inaceitável e incoerente anti-progresso, a que o País está submetido. Esses mesmos responsáveis nem sabem se autoconter em suas próprias barragens, dos seus bolsos.

Livros mais vendidos

   Desde a muito, os livros mais vendidos tem algum conteúdo místico e uma espécie de felicidade momentânea, escritores exploram essa curiosidade humana de interesse por tais assuntos. Duendes, bruxos, magias e dinheiro, são as coisas mais intrigantes e de interesse pelas pessoas. O que na vida em sua essência não tem valor algum, elas têm espaço no imaginário da maioria das pessoas. Enquanto livros que falam a verdade, se não trazerem algo novo ficam em segundo plano. A poesia e o conto precisam trazer algo novo e duradouro no seu conteúdo, para não ficarem no lamento e esquecimento.

A cobiça

“Não cobiçarás…”, diz o decimo mandamento e, sem lamento o Homem cobiça, o que pertence ao próximo e o que não lhe pertence. O maquinar e elaborar o desejo impuro, principalmente ao dinheiro e, as demais coisas que contaminam o coração do Homem. O maquinar e elaborar o pecado, sim pecado, palavra em desuso. Não é simplesmente o erro cometido de maneira inconsistente. Pois o erro é humano, que sem fazer planos ou elaborar, prejudica-se a si mesmo somente, de forma inconsciente. Pois do coração perverso (com perversão) se pratica o mal e o caminho de ilusão.

Do que se traduz quando se vê uma criança?

    Do se traduz quando se vê uma criança? Pureza é perceber no seu olhar. E dela por ela está toda a esperança em todo o mundo. Pois não há nada maior do que a fé com esperança. E na infinitude desta pureza se tem a quase certeza do futuro. E nunca se deve tirar de uma criança sua virtude. E toda amplitude do sentimento humano, com suas metas, com seus planos se resume no mais simples e maior sentimento humano, o amor. Então não há o que pressupor o que for e o há de ser. Desta forma creio e acredito nas palavras de Cristo. Simplicidade de uma criança é o que resumiu Cristo no seu dizer, do Reino dos Céus.

´Fogo e água

   Há duas coisas essenciais para a vida humana. O fogo que inflama e a água que sacia. Mas é claro que o ar é também necessariamente à vida. Contudo, o ar não existiria sem a água e o fogo. O que parece cada um oposto ao outro, o divino Deus se expressa tanto com fogo como a água que sacia, como fonte inesgotável de vida no espirito simbolizado pela fonte de água. No principio da criação “o espirito de Deus se movia pela face das águas”… O que na nossa vida é essencial, na divindade de Deus é manifestada a natureza, tanto a água como o fogo.                                                    

A injustiça vestiu suas vestes

    A injustiça vestiu suas vestes, cheia de opulências e aparências improprias de si mesma. A injustiça é falsa, como a violência aparente de bondade. Engana os simples. Mas, ela não perdurará, um dia ela vai cair e mostrar o que é e, para que veio. Como uma máscara que cobre o rosto e, o rosto quando exposto, mostra a sua verdadeira face. Assim a verdade aparecerá não há quem impeça, por mais que atrapalhe e tente impedir a verdade, o caminho e vida.

Antidoto

   Uma barata atravessou, no meio da noite, o chão da cozinha. Lembrei-me das palavras de Cristo, quando disse: “Limpa primeiro o interior do copo, para depois limpar o exterior”. Neste caso ele falava com os Hipócritas. Mas isto, tem que servir para cristãos e não cristãos, pois a limpeza no inteiro de todos nós tem que ser feita, antes de tudo, no interior da nossa alma. A pouquíssimo tempo minha irmã tinha feito uma faxina na casa. Por tanto é preciso algo mais, um antidoto ou “veneno” para eliminar o mal. Este antidoto é o próprio Cristo.

O filho pródigo

   “Um pai tinha dois filhos”, assim Jesus começa a parábola do filho pródigo. Uma obra de engenho e arte, pois não há forma melhor de se contar uma história que de tão eficaz, nos mostra o amor de Deus para quem se arrepende. O filho voltou para casa de seu pai com o discurso ensaiado, mas o pai vendo o arrependimento do mesmo o retribui com tudo o que ele havia perdido. O amor de Deus é incomparável e sua justiça incomensurável. Não há o que duvidar de sua razoabilidade em contraparte a justiça humana.

O que é crédito?

   Crédito, bom nome, confiança, boa reputação etc. Estas algumas qualidades de quem tem crédito. Mais o que é preciso para ter crédito? Creio que a qualidade tem que sobressair a quantidade. A despeito da inversão de valores na sociedade atual. Mas o crédito não se constrói de uma hora para outra, tem que ser cultivado, e manifestado nas qualidades ou frutos que cada pessoa cultiva e adquire pelo que absorve e emprega no seu viver. Para isso na nossa sociedade contemporânea é preciso também filtrar o que se absorve e se adquire para ser acrescentado aos seus valores de caráter. Pois quem vive uma vida des-regrada ou sem regras definidas, não pode se sobressair num mundo tão deserto e árido de valores, valores que perdurem para a vida e pós- vida, onde o eterno habita.

  Por muitos sofrimentos, a perseverança, para a esperança e o amor. Diante as muitas frustrações, aprendi a fazer canções onde cada um coloca sua melodia. E dia a dia, no ouvir e ver aprendi a crer. Pois sem a fé não há a crença no amor. Digo o amor verdadeiro, o amor de doar-se em contraparte ao amor egoísta, visando seus próprios interesses. E desses o infinitamente maior, o amor, a Deus e ao próximo.