Sem categoria

A estrada

Percorrer  esquinas

que te levam

a estrada

onde o fardo

se torna leve

ainda que tua vida

e nela contida

a tua esperança

te leve a luz

de um sol

que nada mais

é e será

o evangelho

que nunca

fica velho

 

E não te pegue

em falso

pois

a direção

no fim

estarás

nos braços

de Jesus.

 

 

 

Você que caminha

Você que caminha

por o caminho de

misericórdia

sem se lamentar

Não há nada

pra provar

O Deus dos céus

bate em seu coração

nada é em vão

pois teu coração

é puro

não entra em caminhos

impuros

antes se faz novo

não segue

a multidão

antes o teu caminho

é seguro

e a vinda se fará

com todo o brilho

das estrelas

Sempre siga avante

transpondo os

montes

e as fronteiras

em ti não existirá.

Elevar as mãos

Elevar as mãos

em Deus

Abrir o coração

que pulsa

durante toda a vida

da existência

mesmo que haja

carências

Recebe a luz

eterna em si

mesmo

Não preocupada

com aparências

que na tua oração

Deus se revele

e deixe leve

a alma acalantada.

Vozes do passado

Vozes do passado

quem está

certo?

Quem está

errado?

Minha alma

Não gosta

de pessoas

sem palavra

pois o mundo

todo

sabe ou saberá

que sulco

da terra

onde se passa

o arado

não se olha

para trás

pois certamente

haverá curvas

no campo

então

e quando

o arado passar

é o arremedo

de cada

trilha

será.

 

 

Portal que se abre

Portal que se abre

Luz indecifrável

O tempo para

Imensidão

De confins

Tudo é favorável

Ao olhos dos justos

Quem espera esse

Dia?

Onde os séculos

Chegarão ao

Fim

Tempo

Espaço

E a matéria

Se degeneram

Os olhos contemplam

Tudo

Nuvem

Céu

É só um em um

Abraço.

Pensar é viajar

Pensar é viajar

por diversos

caminhos

uns largos

outros estreitos

que podem dar

em muitos lugares

É preciso filtrar

pelos sentimentos

e a razão

tudo sem muita

definição

pois o pensar se

realiza

na ação.

O solo habitado

O solo habitado

da América ao Japão

Está notório

o domínio Humano

movendo a sua mão

pois o mover

da natureza

tanto dos corações

como das sombras

do proposito

erguido

pela desigualdade

e tristeza

de todo poder

Na cadeira do rei

senta-se quem se julga

melhor!

 

Deuses do circo

Humano

Esquecem que o importante

é o ser

agente povo cidadão

mas sem Deus

não existira

nunca a presença

sob o destino

 

de cada nação.

Cadê o sol?

Cadê o sol?

Desposar a alegria

e cumprimenta-la com

bom dia

Cadê o sol?

Por trás das nuvens e neblinas

está o sol

companheiro do destino

e das muitas alegrias matutinas

no caminho do ensino

da vida

no tempo

momento

nos olhos que contemplam

cada manhã

até o fim

do dia

Entre o nascer e o ocaso

está

a mão de Deus

o caminho de papel

para escrever

e ver

toda tua historia

no caminho que é seu

olhar para alto e ver

o céu.

Na palma da mão

Na palma da mão 

o ser divino 

em meio aos hinos 

de consagração 

estende 

sua glória 

quando da terra 

implora 

A vida humana 

que não sabe 

que 

sua medida 

está contada 

no tempo e no espaço 

quando de Deus 

recebe 

na sua alma 

o que lhe coube  

os próprios braços 

na justiça 

que nunca 

do céu  

acaba. 

 

A sabedoria clama

A sabedoria clama por justiça

e a injustiça

e o descaso

com o necessitados

clama aos quatro cantos

nesse mundo tanto

discrepante

onde as pessoas

não espantam-se

pelo mal que assola

que sem Deus

isola

A iniquidade

maldade

onde o fim

será

mais que aniquilado

no céu dos justos

para sempre

abraçado.