Sem categoria

Lanço o meu agradecer

Lanço o meu agradecer

para Deus

pois em tudo

por tudo

Deus não rejeita

os pedidos meus

Mais do que em

mim

e por mim

esteja

toda aflição

e petição

Não fica oculto

para o Senhor

Por isso confio

e tudo entrego

Pois os meus

sonhos

e tudo

sossega minha

alma

para o que é mais

simples

e

puro.

As vezes quando mais jovem

As vezes quando mais jovem

andava nos trilhos

do trem

Tamanho equilíbrio

sobre meus pés!

O trem anda nos

trilhos

Não se desvia da rota

e o que mais

importa

é chegar ao destino

Não somos como

o trem

pois nos desviamos

do destino

Destino este

que desde o principio

traçou Deus

para nós

pois a salvação

foi desde o inicio

traçado

nas mãos

do Senhor

Seu plano

incomensurável.

Magnificente

Magnificente seja

Senhor do universo

Ainda que eu não o

veja

Te exaltarei nos meus

versos

Quem conteve os mares

e conta todas as estrelas

aos milhares?

Não se detêm

ao infinito

Em tudo há tua mão

das Américas ao

Japão

Ergue tuas palavras

em fontes

que não se esgotam

Como estes pequenos

versos

permeiam o meu

espirito.

Contramão do mundo

Contramão do mundo

caminho passageiro

mais do que ser um

estrangeiro

para Deus é menos do que

um segundo

nosso sofrimento

embora passe com

muitos lamentos

é ínfimo…

No nosso intimo

que luta com o

espirito

esperando provisão

e longe de nossa visão

está nossa recompensa

muito além do

infinito.

O Senhor proverá

O Senhor proverá

Nos mais áridos

Desertos

 

Faz do errado

Certo

 

O Senhor proverá

Dos mais altos

Céus

No mais profundo

Escuro

A luz brilhará

 

A água

No peito meu

Há de ser uma fonte

No olhar mais

Puro

O Senhor proverá.

Leitura não enche barriga!

Leitura não enche barriga!

Diz assim a ignorância

Esquecem que o alimento

cultivado

foi necessário ser

plantado

e enriquecido

com varias substancias

E quando a mão semeia

a terra

antes disso houve uma

mente

que escreveu

todo processo

que se observa

No desencadear

consequente

até o prato que se põe

na mesa

Então o descaso

que faz às letras

é como a mão que apedreja

a um sábio que só diz

a verdade

onde de Deus

recebeu a

certeza.

A paz que vem do alto

A paz que vem do

alto

Além

do entendimento humano

foge a qualquer

regra

imposta a mente

Não é o meditar

no nada

Pode estar numa oração

que termine num

amém

ou num sincero agradecimento:

Um agradecer

sem palavras

num gesto de uma

criança

Não pode ser explicada

em canções

mas só pode ser

sentida

onde houver

amor

e esperança.

 

Não se esqueça

O Senhor não rejeita

um coração

quebrantado

Quando tudo

aparentemente dá

errado

para nós

Não confie o Homem

só no próprio

entendimento

pois quando pensamos

que estamos a sós

e o nosso lamento

Não se esqueça

que quem fez

o universo

faz que sua justiça

permaneça.

A chave para abrir a porta

Quantos guardam

rancor

por tudo que passaram

com espírito

sofredor

e não descobrem

o perdão

E guardam em sua

mão

a chave para abrir

a porta

que não sabem onde

encontra-la

Erguem em torno de

si

muralhas

para o coração

Acenda a luz

da verdade

não é difícil encontra-la

quando se reconhece

pecador

e descobrir

por mais que a maldade

faça e desfaça

mais forte é

a palavra

que o Senhor

nela

tão grandiosamente

nos orienta e

nos conduz.

Os juízos do Criador

Os juízos do Criador

são mais altos que os

céus

Mais do que possa

supor

ou cogitar o Homem

com os pensamentos

seus

Onisciência

Onipresença

Assim ele sabe

a medula dos ossos

de cada um

Mais veloz do que

a luz

ou o piscar dos olhos

o incomensurável

aparentemente

comum

palavras eternas

ditas

por Jesus.