Letras que se desprendem

Manhã tão clara
da claridade
que nos separa
do paraíso
escrevo
com nervosismo
letras que se
desprendem
da tela banca
que desbanca
o meu otimismo
Dominar
sobre todos os
pessimistas
embora tudo pareça
contrario.

Confiança

Quem é que tem

confiança?

Mesmo sem

esperança?

Ninguém!

Pois a esperança

é a ultima que

morre

pois a esperança

sem confiança

chama

a lama

de um dia chuvoso

continuando

o ciclo da vida

desmedida

que

não é perdida

quando apesar

dos erros

seus

tem a mão

de

Deus.

Nunca mais volúvel

Despontando o

( velcron)

das montanhas

e artimanhas

em pleno sol

Nunca mais volúvel

como anzol

que desponta

entre os pescadores

doutores

em suas ações

que fazem

canções

dia e noite

recebendo

os açoites

dos dias

em vão.

 

A sabedoria clama

A sabedoria clama por

justiça

Onde fazer

o bem sem deter

a cobiça?

Que fez reter

por muito pouco

sem abrir

a porta

que é a própria

Vida?

Quanto vale os sonhos de um homem

Quanto vale os sonhos

de um homem?

Entre pesamentos

e ações

nem tudo se

atrela

Seria que tentar medir

uma estrela

da terra

Seria como ponderar

o imponderável

Os pensamentos

do homem

são vis

aos olhos

de Deus

E quem julga

medir

o que não tem

medida

ocorre no erro

como jogar

em um aterro

o que poderia

ser mais do

que a própria

vida

retrato

dos sonhos

de Deus.

 

 

 

 

Não obstante

Não obstante eu

acreditei

que estava

em um instante

estive sendo

examinado

por muitos motivos

aparentes

como um raio

mas acreditei

que não era eu

mas os motivos

que ensaio

em minhas letras

confusas

Quando vi

os montes

anunciarem

que foi Deus

com todos falarem

em um quarto

que não era meu

mas do mundo

se fez vago

até

dilacerarem

os versos meus.

Qual a diferença

Qual a diferença

entre um foguete

e um fogo de artificio?

O foguete

ultrapassa as

nuvens

e pousa no seu

destino

enquanto o fogo

de artificio

ilude com suas

cores

e se esvanece

E assim acontece

na vida

de palavras

maquiavélicas

 

umas vão ao seu

destino

longínquo

outro

os fogos

iludem olho

e não há tino.

Não faria diferença

Já me chamaram

de ingênuo  

outros de pilantra

sem ouvir

a minha voz

da garganta

Se eu fosse qualquer

um dos dois

não faria diferença

pois Deus

já deu a sentença

por isso eu

sigo adiante

A minha esperança

está com Cristo

na cruz.

O menino anda

O menino anda

ereto

mas livre

com as mãos

e os pés

com a palavra

ande

pois quando chegar

ao fim

vera

o quanto você andou

pois terá

e verá

a certeza

sobre você

assim:

Sem medo

e a fé

irá perceber

que o infinito

estará

em ti.

 

Não é força

Não é força

é sabedoria

Declarar guerra

a um povo

ou uma floresta

para preservar

aquilo que Deus

planejou?

Bem melhor

é declarar vida

continuamente

e renovar

o renovo

Que necessidade

há para uma floresta

e um povo

que se abastece da mesma?

Melhor é educar

assim

e povo preservará

o seu abitar.