Quais benefícios do Governo são mais efetivos?

O Brasil é um dos países do mundo mais avançados no que diz respeito a benefícios aos trabalhadores e cidadãos. São benefícios que auxiliam tanto as classes sociais mais pobres, quanto abonos para estimular o emprego e renda do trabalhador brasileiro a encarar essa dura realidade. Alguns deles, porém, se mostram bem mais efetivos do que os outros no combate à pobreza, e acabam por ser bem mais celebrados do que os outros. É o caso de dois dos mais importantes benefícios de distribuição de riqueza no país, que veremos a seguir.

Benefícios do Governo

Benefícios do Governo Federal brasileiro

Programa Bolsa Família

O Bolsa família é um programa de distribuição de renda para as famílias com renda mais baixa, e mais economicamente vulneráveis, o benefício, que tem um valor bem baixo, serve como um estímulo para as famílias conseguirem se livrar da situação de pobreza em que se encontram, e é muito eficiente no combate a fome dessas famílias. O governo estima, por exemplo, que cada real investido no programa, traz cerca de 2 reais de retorno financeiro, sendo assim uma excelente maneira de estimular o crescimento da economia a médio prazo.

Para receber esse benefício, a renda familiar não pode ser superior a R$ 154 reais por pessoa, ou seja, um valor bem baixo, para os padrões econômicos de hoje. Recebem o benefício aquelas famílias que conseguem provar que estão frequentando a escola, e que consigam provar a média de renda que estão tendo de fato. Esse benefício é muito celebrado, por ter tirado milhões de famílias da linha da miséria. Sendo considerado uma iniciativa de grande sucesso no combate a fome, miséria e desigualdade social. O pagamento do benefício é feito de acordo com o calendário bolsa família 2018, divulgada todos os anos pelo MDS em agências e postos de atendimento da Caixa.

Abono Salarial do Trabalhador

O Abono Salarial é um benefício muito mais antigo que o bolsa família, mas igualmente importante para o fechamento das contas do trabalhador no final do ano. Esse benefício é pago a cada trabalhador que receba em média até 2 salários mínimos por mês, sendo pago anualmente para os trabalhadores. O benefício é pago no valor de um salário mínimo anual, para os trabalhadores que tenham contribuído por pelo menos 30 dias por ano para a previdência social, trabalhando para uma entidade jurídica.

Para receber o benefício do PIS 2018, o empregado precisa ter, pelo menos 5 anos de inscrição no PIS, que é feita no momento em que o cidadão solicita a sua carteira de trabalho. Não é necessário, porém, que o cidadão tenha contribuído de fato durante esses 5 anos para passar a ter direito ao benefício, basta ter contribuído no ano anterior para ter direito ao PIS 2016.

Origem: http://calendariodobolsafamilia.com.br/

Um comentário sobre “Quais benefícios do Governo são mais efetivos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*