Oficinas no FILE 2009 (São Paulo)

++ OFICINAS


Local: Auditório do SESI – FIESP, Avenida Paulista, 1313
GRATUITOS
MÍDIAS LOCATIVAS: TEORIA E PRÁTICA
com Brett Stalbaum (UCSD) e Cicero Silva (Software Studies)
28/07 | 9h – 13h

O workshop introduzirá conceitos básicos sobre arte em mídias locativas. Os participantes aprenderão como criar conteúdo para celulares utilizando idéias advindas do campo da arte e da tecnologia. O conteúdo será lido e produzido com as ferramentas do sistema walkingtools.net , desenvolvido pelos palestrantes.

VISUALIZAÇÃO DE DADOS

com José Luis de Vicente (Visualizar) e Irma Vilà (Visualizar)
29/07 | 9h – 13h
Workshop que introduzirá conceitos fundamentais relacionados à visualização de dados e também discutirá a importância e a estética do processamento de dados e da geração de imagens.

ANALÍTICA CULTURAL
com Lev Manovich (UCSD/Software Studies)

30/07 | 9h – 13h

Atualmente as ciências, negócios, governos e outras agências estão baseadas em análises computacionais e na visualização de grandes quantidades de dados e fluxos de informação. Empregam análise de dados estatísticos, visualização da informação e visualização científica, visualização analítica e simulação. Acreditamos que é tempo de aplicarmos essas técnicas aos dados culturais. Grande parte desse conjunto de dados culturais já está disponível: resultado dos esforços de digitalização realizadas por museus, livrarias e companhias ao longo dos últimoas dez anos (pense na digitalização de livros realizada pelo Google e pela Amazon) e no explosivo crescimento de conteúdos culturais disponibilizados na web. O workshop ensinará as ferramentas para os participantes criarem suas próprias análises dos dados e também ensinará como podemos criar visualizações a partir dos dados coletados.

++ PALESTRANTES:

Brett Stalbaum : coordenador do curso Interdisciplinar em Computação e Artes na Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD) e um artista andarilho. Seu último projeto na área de mídias locativas é o walkingtools em www.walkingtools.net .

Cicero Silva : pesquisador associado ao CRCA e coordenador do grupo de Software Studies no Brasil.

Irma Vilà é pesquisadora em mídias digitais, curadora e produtora cultural. Tem um vasto conhecimento em física, engenharia, multimídia e um background em artes, ciência e tecnologia. Tem colaborado na produção de festivais como Sónar, Offf e Copyfight, assim como em exibições no Centro para a Cultura Contemporânea de Barcelona (CCCB). Atualmente trabalha em projetos de pesquisa como o Atlas de Espaço Eletromagnético (www.spectrumaltas.org). Também trabalha como curadora e coordenadora de comunicação no Festival ArtFutura e com o coletivo de artistas audiovisuais Telenoika (www.telenoika.net).

José Luis de Vicente é pesquisador, curador e escritor. Trabalha nas fronteiras entre artes e novas mídias, criatividade digital e inovação em Design e Cultura. É membro do conselho do FAD, a associação centenária de Arquitetos e Designers de Barcelona e dirige o programa VISUALIZAR sobre Visualização da Informação no Medialab Prado em Madri. É curador residente no Arquiset, a semana de arquitetura de Barcelona. Anteriormente foi diretor artístico do Festival OFFF na área de Estética do Software (2005-2007), diretor do ArtFutura, o primeiro festival de Arte e Tecnologia da Espanha (2001-2007) e curador associado ao Sónar, o aclamado festival de Música avançada e arte multimídia de Barcelona (2005-2007). Seus projetos recentes incluem o Atlas do Espaço Eletromagnético (www.spectrumaltas.org), um blog de dados sobre a história da regulação do Spectrum e a exibição Máquinas e almas, que ficou em cartaz de Junho a Outubro de 2008 no Museu Reina Sofia de Arte Moderna. Também foi um dos fundadores do zzzinc, um novo laboratório em Barcelona de pesquisa cultural e inovação. É professor de história da Internet e de mídia interativa na Escuela de Diseño Elisava of Barcelona e escreve regularmente sobre cultura digital em inúmeros jornais espanhóis, como o El Mundo. Seus interesses de pesquisa recentes incluem Visualização da Informação, Design Verde, Arquitetura da Mídia, Estéticas do Software, arqueologia e histórias da cultural digital.

Lev Manovich : é autor de Soft Cinema: Navigating the Database (The MIT Press, 2005), Black Box – White Cube (Merve Verlag Berlin, 2005) e The Language of New Media (The MIT Press, 2001), que foi considerado como “a mais sugestiva e ampla história da mídia desde Marshall McLuhan”. É autor de mais de 90 artigos que foram reproduzidos mais de 300 vezes em vários países. Manovich é professor no Departamento de Artes Visuais da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD), Diretor do Grupo de Software Studies no California Institute for Telecommunications and Information Technology (CALIT2) e Pesquisador Visitante no Godsmith College (Londres) e no College of Fine Arts, Universidade of New South Wales (Sydney). Manovich tem sido requisitado para proferir palestras ao redor do mundo, tendo realizado até o momento mais de 270 conferências, palestras e workshops fora dos Estados Unidos nos últimos 10 anos. Editou recentemente o livro Software Takes Command (SWS, 2009).

++ inscreva-se (leia atentamente os termos e condições de participação)

Comentários (0)

Imagem CAPTCHA
*