Teia 2010: esquentando os tambores

O encontro de representantes de Pontos de Cultura de todas as regiões brasileiras acontece entre os dias 25 e 31 de março em Fortaleza, Ceará. Enquanto a data não chega, diversos eventos preparatórios estão acontecendo pelo país e sendo relatados no Blog da Teia 2010, aqui na rede do Fórum da Cultura Digital Brasileira, e no Twitter: @teia2010.

Como o nome já diz, a Teia é um emaranhado de manifestações culturais em várias linguagens e de diferentes regiões. É uma oportunidade de revelar os diversos Brasis por meio da descentralização da produção. Na programação, seminários, painéis, debates, exposições, uma feira de economia solidária e apresentações artísticas mostrarão o que está sendo feito nos pontos de cultura, além de levantar debates políticos e culturais relevantes para o trabalho dos pontos.

As atividades contarão com a presença de representantes de 2.500 Pontos de Cultura, e convidados da África, Europa e América Latina.

Hoje, dia 4, na preparação para o evento acontece a Teia da Cultura Amazônica, o primeiro grande encontro regional de Pontos de Cultura da região e a Teia Piauí. Alagoas e Sergipe seguem com as atividadesque começaram no dia 2.

A Teia 2010 é aberta para o público em geral, gratuito e acontecerá no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (veja como chegar).

Pontos de Cultura
O Ponto de Cultura é a principal iniciativa do Programa Cultura Viva, desenvolvido pelo Ministério da Cultura, e tem por objetivo estimular os mais diferentes meios de linguagens artística e cultural, articular e impulsionar um conjunto de ações nas comunidades, com foco na inclusão cultural, digital e de cidadania. Não há um modelo fixo: qualquer projeto que desenvolva atividades culturais em sua comunidade pode se tornar um Ponto e o processo de seleção acontece por meio de editais públicos. Para saber mais, acesse o site Cultura Viva
.

Comentários (5)

  • nilson

    olá!!eu sou nylson silva sou cordenador do ponto de cultura nas trilhas da cidadania em Diamantina MG,trabalho tambem como cinegrafista do ponto de cultura e eu gostaria de saber se voçes estão contratando produtores audiovisual para cobrir a teia 2010,pois em são paulo me lembro que a cultura digital contratou um amigo meu para filmar o evento,caso isto seje possivel eu me interesso,ou alguma outra entidade que esteje contratando,desde já muito obrigado

    • Foto de perfil de Uirá Porã

      Olá Nilson, tudo bom?

      Aqui quem fala é Uirá Porã, sou coordenador geral de comunicação da Teia Brasil 2010. Não vamos contratar nenhuma pessoa ou empresa para fazer a cobertura, mas vamos montar uma equipe de cobertura colaborativa, onde poderão participar pontos de todo o Brasil. Fique atento ao site da teia (www.teia2010.org.br) pois lá será publicada a chamada aos colaboradores.

      Abraço

  • Foto de perfil de Dayane Teles

    Saudações Culturais para todos!!! cheguei a pouco do encontro regional de Pontos de Cultura Alagoas Sergipe, e posso dizer que foi um sucesso, isso tudo é uam grande rede maravilhosa de pessoas!
    Oficinas foram oferecidas e bem recebidas por todos aguardamos o Teia 2010, apesar de não ter conseguido me inscrever.
    Um grande Abraço!!!

  • SALVE…SALVE…SOU PICO MANARRA DIVULGADOR E FAÇO PARTE DA CULTURA HIP HOP…NOSSO PROJETO MISTURA E GINGADA…CAPOEIRA E HIP HOP…TUDO JUNTO…CÉLIO TURINO JÁ FLA O BRASIL DE BAIXO PARA CIMA…DEIXA UMA MENSAGEM POSITIVA…ARTE DE VIVER FAZEMOS TODOS OS DIAS…E DAR OPORTUNIDADE PARA OUTRAS PESSOAS É SEM PALAVRAS…É SÓ VIVENDO…SABE Q SOZINHO NINGUEM CONSEGUE…

  • Gostaria de saber ,do único veiculo de comunicação,vinculado para hip hop que é Manos e Minas que é uma conquista para rap nacional.Manos e Minas saiu fora do ar,porque é feito para periferia e é produto que não vende, nossos capitalistas tentam veda,mais quando temos um problema tentamos resolver,a Periferia é um problema ou é a solução?
    Qual a solução será tomada sobre o Prêmio Preto Ghóez até agora não ouvi fala nada sobre esse assunto que é interesse do hip hop e da periferia de todo Brasil,sugiro uma reportagem sobre o Prêmio Preto Ghóez se for possível, se não for eu vou entender, as vezes temos ser subordinado a falar a verdade, temos que se omiti ou temos que ser oprimidos e calados, obrigado, salve Manos e Minas aqui quem fala é mais um Poeta do saraunaquebrada.

Imagem CAPTCHA
*