Edital fomentará acervos digitais sobre povos indígenas

A SPC/MinC e a UFPE irão lançar, na quarta-feira (28) em Porto Alegre (RS), um edital que investirá R$ 1,4 milhão em pesquisa e atividades voltadas a fortalecer o acervo digital sobre os povos originários do Brasil

Post originalmente publicado aqui.
Foto Indio Oliver Kornblihtt

Serão investidos R$ 1,4 milhão para fortalecer acervo digital sobre povos indígenas brasileiros (Foto: Oliver Kornblihtt)

A Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (SPC/MinC) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) irão lançar, na quarta-feira (28), em Porto Alegre (RS), um edital que investirá R$ 1,4 milhão em pesquisa e atividades voltadas a fortalecer o acervo digital sobre os povos originários do Brasil.

Oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC), os recursos se destinarão a apoiar a coleta, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio indígena brasileiro, permitindo, facilitando a geração de conhecimento sobre a cultura dos povos indígenas do País.

Poderão apresentar propostas pesquisadores vinculados a instituições de caráter científico ou tecnológico. Os projetos aprovados poderão receber recursos de até R$ 80 mil. O edital na íntegra já está disponível. As inscrições devem ser realizadas online na página de submissão de propostas até 10 de janeiro de 2016.

Programação

O evento de lançamento do edital será aberto pelo secretário de Políticas Culturais do MinC, Guilherme Varella. A cerimônia será realizada a partir das 9h30 no Auditório 2 da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Campus Saúde: Rua Ramiro Barcelos, 2705 – Bairro Santana) e tem entrada franca.

O coordenador-geral de Cultura Digital da SPC/MinC, José Murilo Costa, fará um panorama sobre as iniciativas que o ministério tem realizado para os acervos digitais da cultura.

O professor Marcos Galindo, da UFPE, apresentará as linhas gerais do novo edital e o professor Dalton Martins, da Universidade Federal de Goiás (UFG), a solução tecnológica que está sendo desenvolvida em parceria com o MinC para disponibilizar os acervos em formato digital na rede – batizada de Tainacan. Ao final, haverá um bate-papo com o público presente.

Outras informações podem ser obtidas pelos endereços eletrônicos povosoriginariosdobrasil@ufpe.br culturadigital@cultura.gov.br ou pelos telefones (81) 2126.7726 e (61) 2024.2037.

Veja também:

Comentários (0)

Imagem CAPTCHA
*