Tecnologias apresentadas na “Cúpula da Web Descentralizada”

Esta é uma pequena amostra das pessoas e ferramentas que trabalham para re-descentralizar a Web

Versão original de Mouse Reeveem inglês
Tradução Livre: José Murilo

decentralizedWeb

O Internet Archive sediou nos dias 8 e 9 de junho de 2016, em San Francisco, a 7ª  Cúpula da Web Descentralizada. Mais informações e vídeos completos das apersentações estão disponíveis em decentralizedweb.net (recomendável!!).

Por que uma web descentralizada?

slack-imgs-comA visão central de uma web descentralizada é a de uma rede que respeite a privacidade e os dados dos usuários, que possua modelos de financiamento além dos anúncios, que opere o auto-arquivamento (bases descentralizadas), e que não possa ser censurada ou derrubada.

Toda a tecnologia tem seu aspecto político, e reflete os valores humanos nas funcionalidades que implementam. A realização de uma web descentralizada está na possibilidade de desenvolvermos tecnologias pensadas em torno desses valores humanos, capazes de empoderar vozes marginalizadas, e reforçar a liberdade de expressão e as manifestações da diversidade cultural global.

Quem está fazendo o que:

Esta é uma pequena amostra das pessoas e ferramentas que trabalham para re-descentralizar a Web, e que se apresentaram na Cúpula. A compilação foi feita por MOUSE REEVE. Leia mais artigos desta autora que se chama ‘mouse’. https://www.mousereeve.com

 

Webs Descentralizadas

  • ZeroNet
    Representada por Tamas Kocsis
    ZeroNet é uma web peer-to-peer desenvolvida com base no blockchain do Bitcoin para endereçamento e identidade, e Namecoin para domínios .bit. Ele também tem suporte para uso de Tor.
  • Freenet
    Representado por Michael Grube
    Freenet é uma rede destinada a ativistas e pessoas que vivem em regimes repressivos. Ele usa uma rede de confiança em modo de alta segurança, o que permite que os usuários da rede tornem-se efetivamente indetectáveis.
  • MaidSafe
    Representado por Paige Peterson
    A rede segura MaidSafe é uma infraestrutura descentralizada para web e aplicações, que deverá ser lançada em breve, e foi desenvolvida sobre a sua própria blockchain Safecoin, que premia os usuários por participar da rede.

Armazenamento de Dados e Compartilhamento

  • WebTorrent
    Representado por Feross Aboukhadijeh
    WebTorrent é uma aplicação de torrent no navegador, que funciona sem que os usuários precisem instalar nada extra.
  • Projeto Dat
    Representado por Karissa McKelvey e Max Ogden
    Dat é um arranjo para armazenamento público de dados baseado em torrent, com controle de versão, e compartilhamento destinado a cientistas, ou qualquer outra pessoa que possua dados.
  • Tahoe-LAFS
    Representado por Brain Warner e Zooko Wilcox
    Tahoe-LAFS (Least Autoritário armazenamento de arquivos) é um sistema de armazenamento de arquivo privado, criptografado que descentraliza dados entre vários servidores.

Infra-estrutura Blockchain 

  • IPFS
    Representado por Juan Benet e David Dias
    IPFS ou Estrutura de Arquivo InterPlanetária, é um sistema de armazenamento de arquivos distribuído que visa substituir o HTTP. Tanto o Internet Archive como o Neocities Internet têm implementações de IPFS para servir conteúdo web.
  • Ethereum
    Representada pelo Dr. Gavin Wood
    Wood descreveu o Ethereum como “uma resposta distribuída para o HTTP POST” – é uma plataforma baseada em blockcahin para o desenvolvimento de descentralizado de apps.
  • Urbit
    Representado por Galen Wolfe-Pauly
    Urbit é um sistema operacional para um servidor pessoal que funciona como uma identidade digital e plataforma de aplicações.
  • Blockstack
    Representado por Muneeb Ali
    Blockstack é uma platoforma para o desenvolvimento de applicações com DNS descentralizado embutido.
  • Althea Mesh
    Representado por Jehan Tremback
    Althea é um sistema proposto para fornecer conectividade de internet peer-to-peer através de transmissores de telhado habilitados via blockchain.
  • Namecoin
    Representada por Jeremy Rand
    Namecoin é uma substituição para o sistema de nome de domínio existente que registra as identidades em um blockchain, ao invés de uma autoridade DNS centralizada.
  • Zcash
    Representado por Zooko Wilcox
    Zcash é um criptomoeda desenvolvida para prover privacidade total – em sistemas existentes como bitcoin, todas as transações são públicas e rastreáveis. Zcash criptografa as transações de modo a que possam ser validadas, enquanto ainda privadas.
  • Backfeed
    Representado por Primavera De Filippi
    Backfeed é uma tecnologia para permitir uma governança descentralizada e de propriedade do usuário para gerenciamento de reputação de uma comunidade. Seus casos de uso incluem compartilhamento de carona, seguros, e qualquer operação que tenha como requisito a cooperação entre um grande grupo de pessoas.
  • Matrix
    Representado por Matthew Hodgson
    Matrix é uma plataforma de comunicação que pode se integrar com ferramentas de chat existentes como o Slack. Eles acabaram de lançar um cliente com foco em usabilidade, Vector.
  • Jolocom
    Representado por Joachim Lohkamp
    Jolocom lida com ‘dados sociais interligados’, tudo, desde o histórico de saúde de uma pessoa, até seus extratos bancários, e sua atividade de mídia social, que são apropriados, controlados e gerenciados pelo indivíduo.
  • Interledger
    Representada por Evan Schwartz
    Interledger interliga cryptomoedas díspares e sistemas financeiros.

 

Comentários (0)

Imagem CAPTCHA
*