O valor que a sociedade imputa à criatividade deve gerar cenários onde o 'uso justo' (limitações e excessões) seja ampliado, e a violação inadvertida de direitos de autor deve ser minimamente penalizada.