Mato Grosso Criativo sela parceira com a UFMT

O Mato Grosso Criativo prestigiou a Exposição Itinerante Patrimônio Imaterial Mato-grossense (EXPOIMAT) realizada pelo departamento de história do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), conjuntamente com a Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev).

Foto: Ana Eliza Lucialdo

Presente na exposição, a Viola de Cocho é um dos instrumentos musical já reconhecido como patrimônio imaterial .

O evento integra a 12ª Semana de Museus “ Museus coleções criam conexões” do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), ocorrido entre 13 e 15 de maio, no Museu do Morro da Caixa D’água Velha, em Cuiabá – MT.

Foto: Ana Eliza Lucialdo

Profa. Dra. Thereza Martha Presotti do ICHS/UFMT.

Durante a EXPOIMAT, ofertou-se o seminário ‘‘ Patrimônio Imaterial de Mato Grosso: Coleções e Conexões” composto por três mesas-redondas que abordaram as temáticas do Patrimônio Imaterial Afro-matogrossense, Indígena e de comunidades Ribeirinhas Pantaneiras. A proposta foi evidenciar a diversidade ao enaltecer os saberes e práticas socioculturais destes protagonistas da cultura popular.

Foto: Ana Eliza Lucialdo

Participantes do Seminário ocorrido no Museu da Caixa D’água Velha, em Cuiabá-MT.

A coordenadora de Educação e Formação, Naine Terena, avaliou o evento de forma satisfatória e articulou com a profa. Dra. Thereza Martha Presotti do ICHS/UFMT a oferta de oficinas com as temáticas pertinentes ao Patrimônio Imaterial Mato-grossense para os empreendedores criativos do estado.

Foto: Ana Eliza Lucialdo

Símbolo de religiosidade, o São Benedito exposto em referência a Festa de São Benedito, uma das celebrações mais antigas na capital mato-grossense.

Por Ana Eliza Lucialdo, Comunciação Mato Grosso Criativo

Mato Grosso Criativo inicia as atividades

O Mato Grosso Criativo está em pleno funcionamento. Após inauguração, a equipe  composta por 11 profissionais selecionados por edital foi capacitada por técnicos da Universidade de Brasília (UnB) e do Ministério da Cultura (MinC), com objetivo de elaborar o plano de atuação do escritório, bem como, o mix de serviços a serem ofertados.

capacitacao

Palestra ” Sou dono do meu próprio negócio: Microempreendedor Individual (MEI)”, em parceria com Sebrae.

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC/MT) buscou parceria do governo Federal a fim de estruturar o escritório em Mato Grosso. O espaço foi criado para proporcionar orientação, qualificação e consultorias técnicas a empreendedores e negócios criativos, de acordo com a coordenadora Artísticos Culturais da SEC, Cinthia Mattos.

O Mato Grosso Criativo  possuí a missão de atuar em forma coordenada com a SEC/MT à promoção de ações de fortalecimento e inovação tendo como eixos os aspectos de inclusão social, sustentabilidade e diversidade cultural dos agentes da economia criativa.

Visita técnica da equipe de Articulações Institucionais e Rede em poconé

Visita técnica da equipe de Articulações Institucionais e Rede

Nas últimas semanas, o escritório foi palco de reuniões, visitas e articulações para fomentar a economia criativa no estado, recebeu representantes políticos, empreendedores em busca de ajuda para incrementar seus negócios criativos e artistas que conseguiram informações para alavancar seus projetos culturais.

Em 21 de maio, a coordenadora de Educação e Formação, Naine Terena, ofertou em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MT) a palestra “Como ser dono do seu próprio negócio: Microempreendedor Individual”. O evento ocorreu no Palácio da Instrução e teve grande participação da categoria criativa. E, em parceira com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema/MT), será ofertado o curso de “ Estratégias de Comunicação” no evento da Semana de Meio Ambiente, que acontecerá em 05 de junho.

Visita técnica as ceramistas da Comunidade São Gonçalo Beira Rio

Visita técnica as ceramistas da Comunidade São Gonçalo Beira Rio

A equipe de Articulação Institucional e Redes visando aproximação com a classe criativa visitou as ceramistas da  comunidade de São Gonçalo Beira Rio e município de  Poconé. Conforme a coordenadora, Sonia Sueli, além de conhecer  quem produz o objetivo das visitas técnicas e de mapear os criativos a fim de ofertar ações apropriadas com maior possibilidade de acertos.

As atividades serão desenvolvidas em cinco cidades-pólo: Alta Floresta,Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Cuiabá. A previsão de inauguração das cidades do interior será nos próximos meses.

Economia Criativa

Segundo a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) economia criativa é um conceito que trata da interface entre criatividade, cultura, economia e tecnologia em um mundo dominado por imagens, sons, textos e símbolos. Pode-se dizer que são processos que envolvam criação, produção, e distribuição de produtos e serviços, usando o conhecimento, a criatividade, e o capital  intelectual como principais recursos produtivos.

De acordo com o MinC, por segmentos criativos entende-se: patrimônio material, patrimônio imaterial, arquivos, museus, artesanato, turismo, cultura popular, cultura indígena, cultura afro-brasileira, cultura alimentar, arte visual, arte digital, teatro, dança, música, circo, cinema e vídeo, publicações, mídias impressas e virtuais, moda, design e arquitetura.

Serviço:
Atendimento do Mato Grosso Criativo

Horário: 13h às 19h
Local:  Avenida Presidente Getúlio Vargas, 247 , Centro norte- Cuiabá/MT
Informações:  65 3613 0222                                                                                                     e-mail: matogrossocriativo@gmail.com                                                                     Facebook: matogrossocriativo

Por Ana Eliza Lucialdo, Comunicação Mato Grosso Criativo

Inauguração da Incubadora RN Criativo, em Natal

Uma nova perspectiva para os artistas do Rio Grande do Norte foi aberta nesta quinta-feira (22) com a inauguração da incubadora RN Criativo, em Natal. O local escolhido foi o Solar João Galvão de Medeiros. Segundo a ministra da Cultura, Marta Suplicy, que participou da inauguração, a incubadora reunirá  em um só lugar orientações e serviços que darão aos artistas todo o suporte para gerir seus próprios negócios.

“A incubadora é um apoio para quem produz cultura e quer criar sustentabilidade e viver disso. Ela tem assistência jurídica, de gestão, de marketing, de crédito com o banco do Estado, do Banco  do Brasil, da Caixa. Tem também o Sebrae. É entrar e ser apoiado no que deseja ser para poder vingar e produzir cultura”, explicou a ministra.

Marta também destacou a necessidade de o país investir no conceito de soft power, que seria uma forma de tornar o Brasil conhecido no exterior por meio de suas ideias e sua cultura.

“Temos uma diversidade cultural maravilhosa. O evento da TEIA mostrou isso, ao trazer os pontos de Cultura, que são estes produtores culturais que o Estado vai ajudar a criar uma musculatura mais forte”, completou a ministra.

A nova incubadora seguirá os mesmos padrões das 11 demais existentes no país e contará com o apoio de escritórios de Direito e de exportação e com a parceria de outros ministérios, secretarias estaduais e universidades.

O investimento na RN Criativo foi de R$ 1,5 milhão, dos quais R$ 300 mil foram do governo do Estado. No local, haverá 25 funcionários fixos, distribuídos em três coordenações com os seguintes focos: formação, empreendedorismo e inovação; e articulação territorial.

A cerimônia teve a participação da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, da secretária estadual de Cultura, Isaura Rosado e do secretário de Economia Criativa do Ministério da Cultura, Marcos André Carvalho.

A incubadora está localizada à Avenida Câmara Cascudo, nº 431 – Cidade Alta – Natal (RN). O horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda à sexta-feira.

Texto: Camila Campanerut – Ascom / MinC
Fotos e Vídeo: Montsserat Bevilaqua
Edição de vídeo: Diego Barreto

MinC inaugura Incubadora RN Criativo em Natal

O Rio Grande do Norte vai ganhar um centro para a promoção e desenvolvimento da economia da cultura no estado. A Incubadora RN Criativo será inaugurada na próxima quinta-feira, dia 22/5, às 15 horas, em Natal, com as presenças da Ministra da Cultura,  Marta Suplicy, da Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, da Secretária Extraordinária  da Cultura do RN, Isaura Rosado e do Secretário da Economia Criativa do MinC, Marcos André Carvalho. O novo espaço está localizado na Solar João Galvão de Medeiros, Avenida Câmara Cascudo, 431 – Cidade Alta.RN criativo

As Incubadoras são centros de inovação, empreendedorismo, formação, fomento e promoção. São espaços de convívio e interação multisetorial, entre empreendedores criativos, e multi-institucional que reúne governos, bancos, universidades, sistema S e sociedade civil, promovendo o compartilhamento de experiências e fortalecimento de
redes e coletivos.

Ao todo, a Rede Incubadoras Brasil Criativo estará presente em 13 estados: Acre, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

O programa conta com investimento de R$ 40 milhões e tem como princípios norteadores a diversidade cultural e inclusão social.

Ações

As Incubadoras Brasil Criativo ofertam gratuitamente aos agentes culturais de todo o estado cursos e consultorias, planejamento estratégico, assessoria contábil, jurídica e de comunicação, marketing, elaboração de projetos e captação de recursos, além de
acompanhamento contínuo. Os espaços também sediam balcões de crédito, formalização, formação técnica e escritórios de direito e de
exportação. As atividades serão desenvolvidas por equipes locais, em
diálogo com as potencialidades criativas de cada região.

São parceiros do programa, dentre outras instituições, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Educação, Ministério do Turismo, as secretarias estaduais e municipais de Cultura, secretarias de Desenvolvimento Econômico, Sebrae, Senac, Banco do Brasil, Caixa
Econômica Federal e universidades.

A Economia Criativa reúne em torno de vinte setores da nova economia – que são os que atualmente mais crescem e geram emprego no mundo, baseada num processo criativo e de inovação que agrega valor a produtos e serviços, gerando riqueza cultural e econômica. A Rede Incubadoras Brasil Criativo visa potencializar os empreendimentos nesses setores, posicionando a cultura um dos principais eixos estratégicos de desenvolvimento do país.

Serviço:
Inauguração da Incubadora RN Criativo
Data/hora: quinta-feira – 22 de maio de 2014, às 14 horas
Local: Solar João Galvão de Medeiros, Avenida Câmara Cascudo, nº 431 – Cidade Alta –Natal (RN)

SEC | Ações da SEC na Teia 2014

De 19 a 24 de maio, Natal (RN) vai recepcionar o maior encontro da diversidade cultural brasileira: a Teia! O Encontro, organizado pela Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural (SCDC) em conjunto com o Sistema MinC e outros parceiros vai reunir os Pontos de Cultura e outras redes da diversidade em uma programação variada que inclui mostras artísticas, Feira da Economia Solidária e Criativa, diálogos da cidadania e da diversidade e espaços de convergência – oficinas, debates, fóruns, seminários, encontros e rodas de conversa.

A Secretaria da Economia Criativa terá participação ativa com o I Fórum de Gestores dos CEUs (Centros de Artes e Esportes Unificados), um encontro para discutir novos arranjos produtivos possíveis dentro da economia criativa, inauguração da Incubadora RN Criativo e muito mais. Confira a programação completa clicando na imagem:

programacao teia

Ministra da Cultura inaugura Incubadora Bahia Criativa

Novo espaço estimulará o campo da economia criativa por meio de formação, fomento e promoção de empreendimentos culturais

A Rede Incubadoras Brasil Criativo chega ao estado da Bahia. A inauguração será na próxima quarta-feira, dia 14/5, às 11h, no Forte do Barbalho, em Salvador. A cerimônia de abertura da Incubadora Bahia Criativa contará com as presenças da Ministra da Cultura Marta Suplicy, do Governador do Estado da Bahia Jaques Wagner, do Secretário da Economia Criativa Marcos André Carvalho, do Secretário Estadual de Cultura Antônio Albino Canelas Rubim, dentre outras autoridades e representantes da cena cultural baiana. Também haverá apresentação musical do Grupo Opanijé, que une a sonoridade percussiva, cânticos de candomblé, batidas eletrônicas e rap.

Foto: Daniela Teixeira

Foto: Daniela Teixeira

As Incubadoras são centros de inovação, empreendedorismo, formação, fomento e promoção. São espaços de convívio e interação multisetorial entre empreendedores criativos e multinstitucional que reúne governos, bancos, universidades, sistema S e sociedade civil, promovendo o compartilhamento de experiências e fortalecimento de redes e coletivos.

A Rede Incubadoras Brasil Criativo estará presente em 13 estados: Acre, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

O programa conta com investimento de R$ 40 milhões e tem como princípios norteadores a diversidade cultural e inclusão social.

Ações

As Incubadoras Brasil Criativo ofertam gratuitamente aos agentes culturais de todo o estado cursos e consultorias, planejamento estratégico, assessoria contábil, jurídica e de comunicação, marketing, elaboração de projetos e captação de recursos, além de acompanhamento contínuo. Os espaços também sediam balcões de crédito, formalização, formação técnica e escritórios de direito e de exportação. As atividades serão desenvolvidas por equipes locais, em diálogo com as potencialidades criativas de cada região.

São parceiros do programa, dentre outras instituições, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Educação, Ministério do Turismo, as secretarias estaduais e municipais de Cultura, secretarias de Desenvolvimento Econômico, Sebrae, Senac, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e universidades.

A Economia Criativa reúne em torno de vinte setores da nova economia – que são os que atualemente mais crescem e geram emprego no mundo, baseada num processo criativo e de inovação que agrega valor a produtos e serviços, gerando riqueza cultural e econômica. A Rede Incubadoras Brasil Criativo visa potencializar os empreendimentos nesses setores, posicionando a cultura um dos principais eixos estratégicos de desenvolvimento do país.

bahia criativa

Serviço:

Inauguração da Incubadora Bahia Criativa

Data/hora: quarta-feira – 14 de maio de 2014, às 11 horas

Local: Forte do Barbalho (Rua Emídio dos Santos s/n – Barbalho – Salvador/BA)

Atração cultural: Grupo Opanijé: criado em 2005, Opanijé construiu um novo jeito de fazer rap. Uniu a sonoridade de instrumentos percussivos, berimbau, cânticos de candomblé a batidas eletrônicas e samplers. As letras exploradas pelo grupo exaltam a ancestralidade africana e cultura negra.

Mais informações: www.cultura.gov.br/secretaria-da-economia-criativa-sec