Ministério inaugura, no Acre, mais uma Incubadora da Rede Brasil Criativo

acre criativo

Chegou a vez do Acre entrar na Rede Incubadoras Brasil Criativo. O espaço cultural “O Casarão”, em Rio Branco, abrigará a Incubadora Acre Criativo, que será inaugurada nesta sexta-feira, 27, às 15 horas. O projeto é uma ação do Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria da Economia Criativa, junto ao governo do Estado do Acre por intermédio da Fundação Elias Mansour (FEM).

A solenidade contará com a presença do governador Tião Viana, do secretário da Economia Criativa do MinC, Marcos André de Carvalho, da diretora-presidente da FEM, Karla Martins, autoridades, produtores, realizadores e fazedores de cultura.A programação de entrega da Incubadora Acre Criativo ainda terá apresentação de artistas de música instrumental.

Localizado no centro da capital acriana, “O Casarão” possui uma forte referência cultural e é considerado um patrimônio do estado. Na década de 1980, foi um caldeirão das linguagens artístico-culturais, e por essência, de vanguarda. “A Incubadora Acre Criativo criará um elo com outros equipamentos culturais como o Theatro Hélio Melo e a Biblioteca Pública”, explica Karla Martins, da FEM.

As Incubadoras são centros de inovação, empreendedorismo, formação, fomento e promoção. São espaços de convívio e interação multisetorial entre empreendedores criativos e multinstitucional que reúne governos, bancos, universidades, sistema S e sociedade civil, promovendo o compartilhamento de experiências e fortalecimento de redes e coletivos. No Acre, o Ministério da Cultura investiu cerca de R$ 1,2 milhão e a contrapartida do governo estadual foi de R$ 300 mil. Cultura popular, artes cênicas, música, audiovisual, moda, design, artesanato, artes visuais e demais serviços criativos constituem a cartela geradora de emprego e renda na cadeia produtiva da cultura no Acre.

Nessa primeira fase, a Rede Incubadoras Brasil Criativo estará presente em 13 estados: Acre, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

O programa conta com investimentos de R$ 40 milhões e tem como princípios norteadores a diversidade cultural e a inclusão social.

Ações

As Incubadoras Brasil Criativo ofertam gratuitamente aos agentes culturais de todo o estado cursos e consultorias, planejamento estratégico, assessoria contábil, jurídica e de comunicação, marketing, elaboração de projetos e captação de recursos, além de acompanhamento contínuo. Os espaços também sediam balcões de crédito, formalização, formação técnica e escritórios de direito e de exportação. As atividades serão desenvolvidas por equipes locais, em diálogo com as potencialidades criativas de cada região.

São parceiros do programa, dentre outras instituições, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Educação, Ministério do Turismo, as secretarias estaduais e municipais de Cultura, secretarias de Desenvolvimento Econômico, Sebrae, Senac, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e universidades.

A Economia Criativa reúne em torno de vinte setores da nova economia – que são os que atualmente mais crescem e geram emprego no mundo, baseada num processo criativo e de inovação que agrega valor a produtos e serviços, gerando riqueza cultural e econômica. A Rede Incubadoras Brasil Criativo visa potencializar os empreendimentos nesses setores, posicionando a cultura um dos principais eixos estratégicos de desenvolvimento do país

Serviço:

Inauguração da Incubadora ACRE Criativo

Data/hora: sexta-feira – 27 de junho de 2014, às 15 horas

Local: Casarão (Av. Brasil, 455, Centro – Rio Branco/AC)

Mais informações: www.cultura.gov.br/secretaria-da-economia-criativa-sec

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*