Incubadora Pará Criativo lança site institucional

Nesta quinta-feira (7), a partir das 18h30, a Incubadora Pará Criativo lança o seu site institucional, disponível no endereço eletrônico www.paracriativo.pa.gov.br.  Na ocasião, será realizada uma mesa redonda sobre empreendedorismo criativo no Pará. O site da Incubadora Pará Criativo oferece informações sobre os serviços oferecidos pela instituição, agenda, cadastro, bem como seção de downloads, todos reunidos em um menu central que facilita a busca do internauta. A home page trará, ainda, informações sobre economia criativa e áreas correlacionadas.

Para se tornar uma ferramenta atrativa ao público leitor e, ao mesmo tempo, abranger o conteúdo organizacional, o site incorporou as novas tendências das mídias digitais. O resultado é um ambiente dinâmico, com navegação ágil e interativa. Com layout moderno e menu intuitivo, o site do Pará Criativo é mais um canal de comunicação entre a sociedade e o órgão público, criado através de um convênio entre o Governo Federal, por meio da Secretaria de Economia Criativa do Ministério da Cultura e o Governo Estadual, por meio do Instituto de Artes do Pará e Secretaria de Promoção Social.

Ao realizar o cadastro no site, o usuário tem acesso rápido às novidades da instituição. Além disso, o cadastro do Pará Criativo será interligado ao Sistema de Mapeamento Cultural do Instituto de Artes do Pará, ferramenta que possibilita maior divulgação do currículo de profissionais que possam atender ao mercado cultural no Estado do Pará. O cadastro de empreendedores criativos irá contribuir também para o mapeamento dos setores da economia criativa no estado.

Os interessados em prestar serviços de consultorias e instrutoria podem fazer o upload de seus currículos no site, o material alimentará o banco de talentos da Incubadora, sistema de consultas utilizado para futuras contratações.

A mesa sobre empreendedorismo criativo no Pará será composta por dois cases de sucesso em economia criativa no estado: AmpliCriativa e Se Rasgum Produções. Os empreendedores falarão de seus principais desafios e conquistas no desenvolvimento de suas atividades profissionais.

Serviço:
Mesa Redonda – Empreendedorismo Criativo no Pará
7 de agosto de 2014, às 18h30, na sede da Incubadora Pará Criativo – Praça Justo Chermont, 236 (Ao lado da Basílica de Nazaré)
O endereço eletrônico do Pará Criativo estará disponível em www.paracriativo.pa.gov.br
Mais informações: (91) 4006-2930

 

Lançamento do site da Incubadora Pará Criativo 7 de agosto de 2014

Lançamento do site da Incubadora Pará Criativo
7 de agosto de 2014

MT Criativo profere palestra no polo Barra do Garças “Artista ou Empreendedor Cultural”

A solenidade de inauguração do Polo Barra do Garças do Mato Grosso Criativo, ocorrida em 31 de julho, às 19h, na Câmara Municipal da cidade, contou com a palestra “Artista ou Empreendedor Cultural” proferida pelo coordenador de Empreendedorismo e Inovação da Incubadora, Charles Pantoja.

O palestrante apresentou os objetivos do escritório ao relatar que disponibilizar informações dos setores criativos do estado; identificar as principais demandas territoriais no campo da economia criativa; promover a capacitação dos criativos; e facilitar linhas de crédito a fim de fomentar a economia relacionada à criação serão ações estruturantes do Mato Grosso Criativo.

barra

Na ocasião, foi esclarecido o conceito de economia criativa e os setores relacionados à mesma com exemplos pertinentes a questão. Ao relatar os setores envolvidos no processo, como: Patrimônio Natural e Cultural; Espetáculos e celebrações; Artes visuais e artesanatos; Livros e periódicos; Audiovisual e mídias interativas; Design e serviços criativos, os presentes na capacitação manifestaram ações de inclusão no processo.

Para Pantoja, “O importante neste momento introdutório e despertar a consciência com engajamento da classe empreendedora cultural a participar das ações do MT Criativo.” Tal situação exemplificada pela cultural, ceramista da região, Natalice Rego Flores, que relata:” O MT Criativo será o apoio que todos de Barra necessitávamos para aprendermos a viver da nossa arte”.

Por Ana Eliza Lucialdo, Comunicação MT Criativo