Aterro do Jóquei só será fechado após inauguração de centros de triagem

O aterro controlado do Jóquei, na Estrutural, só será fechado após a inauguração dos sete centros de triagem de resíduos sólidos, que estão em processo de licitação. Foi o que assegurou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ao receber cerca de 300 catadores de material reciclável na manhã desta sexta-feira (13) no Palácio do Buriti.

Segundo Rollemberg, a preocupação do governo é assegurar dignidade para os trabalhadores. “Só vamos fechar o lixão quando todos os centros de triagem estiverem funcionando plenamente com condições adequadas como higiene e segurança.”

Os centros, com obras previstas para começar em abril deste ano e terminar em 2018, serão ambientes fechados e terão a estrutura necessária para o trabalho de reciclagem, com esteiras, empilhadeiras e balanças. Todos os catadores vão usar equipamentos de proteção individual (EPIs). Das sete unidades, quatro pertencem ao Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e estarão localizados no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), no Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), em Ceilândia e na Asa Sul. Outros três são da Secretaria do Meio Ambiente e ficarão em um imóvel cedido pela Secretaria de Patrimônio da União, vizinho à Estrutural. No local também será construído um centro de comercialização de materiais recicláveis.

Rollemberg disse ainda que os primeiros 900 aprovados no processo seletivo Programa Agentes de Cidadania Ambiental — Inclusão ao Mundo do Trabalho vão receber auxílio de R$ 300 por mês a partir de segunda-feira (16). “Em fevereiro, será encaminhado para a Câmara Legislativa o projeto de compensação financeira de R$ 360 para mais 1,2 mil catadores”, completou o chefe do Executivo.

Nenhum comentário.

Moradores de Samambaia Norte ganham primeira rodoviária

Os moradores de Samambaia receberam na manhã desta sexta-feira (13) o primeiro terminal rodoviário da região administrativa. Essa era uma demanda antiga da população e vai beneficiar cerca de 106 mil passageiros. O espaço começa a operar neste sábado (14), a partir das 5 horas.

“Esse é o 14º terminal inaugurado em dois anos de governo. Ele traz a possibilidade de integração com outras regiões, além de mais conforto e segurança para os passageiros e para quem está trabalhando”, disse o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, ao destacar que as construções ainda possibilitam o aumento no número de linhas.

Foram investidos na obra R$ 5.484.800,46, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A entrega faz parte do Programa de Transporte Urbano do Circula Brasília, o primeiro voltado para o setor no DF.

O terreno de 20,8 mil metros quadrados, na Área Especial da QR 1333, em Samambaia Norte, conta com 16 boxes, 66 pontos de estocagem, 99 vagas de estacionamento e quatro paraciclos com cinco vagas cada um. Ainda há banheiros com acessibilidade e lanchonete.

O terminal será ponto de controle para quase 38 linhas, com 194 veículos que farão 955 viagens de segunda a sexta-feira, 539 aos sábados e 380 aos domingos.

A unidade em Samambaia é a primeira a ser finalizada em 2017. No ano passado, foram reformadas ou construídas as plataformas do P Sul, do Guará I e do Guará II, do Paranoá, do Recanto das Emas (duas estações), do Cruzeiro, de Taguatinga Sul e da M Norte, também em Taguatinga. Em 2015, houve quatro inaugurações: CeilândiaGamaRiacho Fundo II e Sobradinho II.

Nenhum comentário.

Nova rota de ônibus passa a operar na área central de Brasília

Trabalhadores e turistas contam, a partir de agora, com uma rota de ônibus específica para percorrer a área central de Brasília. Começou a operar nesta quinta-feira (12) a linha circular 109, que faz o trajeto Memorial JK — Praça dos Três Poderes. Nova, a frota que faz o percurso é composta por nove veículos, cuja principal característica é o uso de biodiesel B-20.

Trajeto Memorial JK — Praça dos Três Poderes será feito pela linha 109. Veículos começaram a rodar nesta quinta-feira (12) e têm como principal característica o uso de biodiesel B-20.
Trajeto Memorial JK — Praça dos Três Poderes será feito pela linha 109. Veículos começaram a rodar nesta quinta-feira (12) e têm como principal característica o uso de biodiesel B-20. Foto Gabriel Jabur/Agência Brasília

O combustível emite menos gases do efeito estufa. “Esses nove carros, ao longo de um ano, equivalem a plantarmos 1,2 mil árvores aqui no Distrito Federal, dada a redução de dióxido de carbono (CO2)”, destaca o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno. Ele reforça que se trata de um retorno do investimento do Estado na área.

Os veículos não têm escada, contam com piso baixo, ar-condicionado, câmbio automático, motor traseiro, carroceria moderna e velocidade controlada para 60 quilômetros por hora. A melhoria faz parte do programa de mobilidade do governo, o Circula Brasília, e o custo para o DF já está incluído no investimento do sistema.

“(A nova linha) traz mais conforto, comodidade e melhoria para a mobilidade”Fábio Damasceno, secretário de Mobilidade

A linha também integra áreas de bolsões de estacionamento no Parque da Cidade e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. “Era uma necessidade a melhoria dessas linhas interligando os poderes que ficam na Esplanada dos Ministérios, facilitando a circulação e a integração com o metrô”, explica Damasceno. “Traz mais conforto, comodidade e melhoria para a mobilidade”, completa.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade, os ônibus operam no box 4 da plataforma A da Rodoviária do Plano Piloto, ao custo de R$ 2,50. No horário de pico, os veículos saem a cada cinco minutos. Todos já estão com a nova comunicação visual do sistema.

Nenhum comentário.

Governo vai recorrer de decisão que suspende reajuste de passagens

O governo de Brasília prepara recurso para reverter a decisão da Câmara Legislativa de sustar o reajuste nas tarifas dos ônibus e do metrô. Em sessão extraordinária nesta quinta-feira (12), os deputados distritais aprovaram o projeto de decreto legislativo (PDL) que revoga o incremento ocorrido nas passagens em 2 de janeiro. Para entrar em vigor, a suspensão precisa ser publicada no Diário Oficial do DF, como preconiza o artigo nº 43 da Lei Complementar nº 13, de 1996.

Para o governador Rodrigo Rollemberg, a postura dos parlamentares em relação ao tema não contribui para a retomada do equilíbrio fiscal do Distrito Federal. “É uma medida ilegal, abusiva e completamente desconectada da realidade financeira do DF e do Brasil. Vamos recorrer à Justiça, pois entendemos que essa é uma atribuição do governo de Brasília”, declarou em conversa com jornalistas no Palácio do Buriti.

Rollemberg explicou que a Procuradoria-Geral do DF vai se debruçar sobre o tema para saber qual instrumento jurídico usará para revogar o PDL. O governador mostrou-se preocupado com os efeitos do projeto. “Considero uma decisão irresponsável. Aliás, a Câmara tem se destacado por tomar medidas que criam despesas sem apontar receitas, e essa irresponsabilidade fiscal contribuiu para que Brasília esteja diante da maior crise financeira de sua história.”

Enquanto o decreto legislativo não for publicado, o valor das passagens permanece reajustado: as linhas circulares internas passaram de R$ 2,25 para R$ 2,50; as de ligação curta, de R$ 3 para R$ 3,50; e as de longa distância, integração e metrô, de R$ 4 para R$ 5.

Aumento poderá trazer economia de R$ 180 milhões

A intenção do Executivo com o aumento é reduzir o gasto com a tarifa técnica — diferença bancada pelo governo entre o preço real do bilhete e o repassado ao usuário. As projeções indicam que o reajuste pode trazer uma economia de R$ 180 milhões em 2017.

LEIA TAMBÉM

O governador Rodrigo Rollemberg, após reunião com deputados distritais.

GOVERNADOR EXPLICA A DISTRITAIS NECESSIDADE DE AUMENTO NAS PASSAGENS

O Estado arca com R$ 600 milhões por ano só com o subsídio das tarifas, sendo R$ 400 milhões com as gratuidades para estudantes, idosos e pessoas com deficiência. Na terça-feira (10), o governo anunciou que o transporte público do DF passará por uma avaliação criteriosa. Um dos objetivos é revisar o mecanismo de bilhetagem automática para inibir possíveis fraudes que causam prejuízos ao sistema.

Nenhum comentário.

Atrações de teatro e musica de graça no Espaço Imaginário Cultural

Chega janeiro e com ele a programação do projeto EIXO IMAGINÁRIO – ARTE FORA DO PLANO, que leva arte e cultura ao público de Samambaia. E o melhor… tudo de graça!

O projeto, que lançou um edital próprio para compor a programação cultural do Espaço Imaginário desde agosto de 2016, já recebeu artistas de diferentes linhas de trabalho de teatro e circo, além das mais variadas bandas de forró do DF. Com coordenação de Alan Mariano, Marilia Abreu e Tássia Aguiar, o EIXO IMAGINÁRIO confirma que fazer arte em Samambaia agora é rotina!
Confira as atrações do mês de janeiro:
“MADAME DOLORES, A GRANDE CARTOMANTE”
Dia 14 de janeiro, às 20h
O “Imaginário Convida” traz a atriz e palhaça Alessandra Vieira, que apresenta um divertido espetáculo ironizando as manifestações exotéricas com muito improviso e contato direto com a plateia, numa espécie de consulta coletiva. Ao final da peça, haverá bate-papo com a atriz sobre o processo de construção da obra dentro da atividade “Café Imaginário”.
“FESTEJO DAS COMADRES NO TERREIRO DE MARINÊS”
Dia 21 de janeiro, às 22h
Uma noite regada a muito forró e animação na sede do Espaço Imaginário. Para participar do forrobodó, basta chegar com muita disposição e jogo de cintura.
“LOROTAS DE PALHAÇAS”
Dia 22 de janeiro, às 17h
Adulto e crianças são convidados para um divertido e encantador espetáculo infanto-juvenil dentro da atração “Matinê Imaginário”. Com palhaças super animadas, o fim de tarde promete ser bem teatral e circense.
Todas as atrações do projeto EIXO IMAGINÁRIO são gratuitas. Os ingressos serão disponibilizados uma hora antes do evento e a classificação indicativa das atividades é Livre.
Espaço Imaginário Cultural – QS 103 Conjunto 05 Lote 05 – Samambaia Sul
Contato: 3013-1610

Nenhum comentário.

Pular para a barra de ferramentas