<<< Nota de Pesar do CBC / Congresso Brasileiro de Cinema >>> Carlos Reichenbach (1945 * 2012)

  • O CBC / Congresso Brasileiro de Cinema vem expressar seu profundo pesar pela perda de um dos ícones do cinema brasileiro.

    O cineasta Carlos Reichenbach morreu na tarde desta quinta-feira (14/06),  dia em que completava 67 anos.  Diretor de obras célebres como “O Império do Desejo” (1981), “Filme Demência” (1985), “Alma Corsária” (1993) e “Garotas do ABC” (2003), seu filme mais recente foi a “Falsa Loura” (2007). Reichenbach protagonizou movimentos importantes, que marcaram os cenários politico e cinematográfico brasileiros. Apesar de ter nascido em Porto Alegre, foi na cidade de São Paulo, que o cineasta encontrou inspiração para seus trabalhos. Na famosa Boca do Lixo, Carlos Reichenbach realizou filmes autorais, onde as cenas eróticas se misturavam as críticas políticas à sociedade. Como um apaixonado pelo cinema, ele também atuou em vários filmes da Boca, o último foi “Esperando Gatti”, de Michael Wharmann. Neste contexto, destaca-se ainda a Se††ssão Comodoro, que ele regularmente programava no CineSesc, de São Paulo. Carlão, como era chamado pelo amigos, deixará uma lacuna nos corações e mentes dos amantes da arte cinematográfica.

    Ao Carlão, grande companheiro de luta e conselheiro do Congresso Brasileiro de Cinema, rendemos a nossa homenagem!

    Aos seus familiares e entes queridos nossas condolências e solidariedade.

    Estamos de luto.

    O CBC / Congresso Brasileiro de Cinema, o audiovisual brasileiro e a cultura brasileira perdeu hoje um dos seus mais valentes guerreiros!


    Diretoria e Conselhos

    CBC /Congresso Brasileiro de Cinema
    Em defesa do audiovisual brasileiro

Comente!

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Pular para a barra de ferramentas