rcl - nacional

Essa é a sessão nacional do RCL!

Aqui você encontra filmes e sites a moda da cultura livre, todos são produções brasileiras muitos desenvolvidos por meio de projetos. Alguns foram produzidos com software e hardware livre, outros licenciados livres  etc.

nome do redes completo - rcl

 

                                                                                                                     Filme:  Floresta Vermelha

florestavermelha_posterh01

Ano: 2013    Diretor:  Flávio Soares                 Gênero: Ficção      Curta-metragem

Primeiro filme nacional feito com software e hardware livre.

Sinopse: Nicolai retorna à casa de sua família em um lugar que poderia estar em qualquer lugar no mundo.Muitas coisas mudaram desde que ele deixou, como a maioria das pessoas na região, anos atrás.Outros, especialmente seu relacionamento com sua família, não mudaram muito. Nikolai espera voltar a ser parte da família de novo, mas o que significa “voltar a ser aceite” em um lugar onde a floresta brilha em vermelho no escuro?. 

Fonte da sinopse: ccVAD

Créditos e licença de uso

Todos os pôsteres têm arte de Ana Rezende e foram feitos a partir de quadros do filme ou fotografias de Ana Rezende, Maraí Senkevics e Lucas Malaspina, exceto o pôsterFloresta Vermelha code facts, que é um mashup da arte original de Lucas Malaspina para a campanha de financiamento colaborativo (crowd funding).

“Todos os pôsteres são no formato A3 (42cm x 29,7cm) e estão disponíveis sob a licença Creative Commons BY-NC-SA.

 dowload - rcl


cartazOlharContestado_web Filme: Olhar Contestado

Diretores: Fernando Severo e Fabianne Balvedi

Filme feito com ferramentas livres

Este documentário aborda um episódio acontecido quase 15 anos após o término da Guerra de Canudos. Com proporções e significado semelhantes, a Guerra do Contestado conflagrou-se numa região do sul do Brasil cuja posse era disputada pelos estados do Paraná e Santa Catarina. Numa extensão de terras equivalente ao Estado de Alagoas (25.000 km2), durante mais de quatro anos, entre 1912 e 1916, uma população estimada em 20.000 sertanejos enfrentou as forças do governo e do coronelismo predominante na região, num conflito que chegou a envolver 80% do Exército Brasileiro. No término do conflito, Paraná e Santa Catarina assinaram um acordo estabelecendo definitivamente suas divisas. E foi no apogeu de tais lutas que pela primeira vez na história do Brasil as massas camponesas manifestaram a clara consciência da necessidade de garantir seu “direito de terras”.

 

dowload - rcl