Classificação Indicativa lança aplicativo

O Ministério da Justiça, em parceria com a Universidade Federal de Goiás e o Ministério da Educação, lançou um aplicativo para auxiliar os professores da rede pública de ensino na busca por informações sobre as classificações indicativas de programas de televisão, filmes e games.

tela1

No aplicativo, o usuário terá acesso a uma versão digital da cartilha que contém, além de outras orientações, em linguagem didática, os critérios sobre os quais foram baseadas as classificações disponíveis e oferece ainda, conteúdos para serem trabalhados em sala de aula.

tela 2

A expectativa é lançar, ainda em 2014, versões do aplicativo para outros tablets Android e para a platforma iOS. Por enquanto, o app só está disponível nos tablets distribuídos e pode ser baixado pelos professores, na loja virtual do MEC.

Continue acompanhando as novidades aqui no nosso Portal!

 

Uma resposta para “Classificação Indicativa lança aplicativo”

  1. Foto de perfil de Wagner Azevedo Ferraz de Campos disse:
    Eu não concordo; por quê a classificação étaria de 12 anos não possui conteúdo de muito forte impacto e, é necessario para o desenvolvimento da criança e respeitar a puberdade delas sobre essas questões informativas, além de aumenta um pouco a liberdade de expressão das emissoras de tv aberta e por sinal poderá gerar bastante audiência. É onipião bastante justa que poderia ser pensada sobre as questões psicossocial das crianças e pré-adolescentes e como uma proposta de reajusta da lei constituicional de classificação.

Deixe uma resposta