Classificação 16 anos

Img_Alerta_16anosSão admitidos para esta faixa etária conteúdos que apresentem os critérios abaixo. Nem sempre a ocorrência de cenas que remetem à violência, sexo e drogas são prejudiciais ao desenvolvimento psicológico da criança, portanto estes são sempre analisados e ponderados com os critérios de atenuantes e agravantes.

VIOLÊNCIA

A.5.1. ESTUPRO
Conteúdos de relação sexual não consentida. Exemplo: Mulher é abusada sexualmente.

 

A.5.2. EXPLORAÇÃO SEXUAL
Conteúdos em que personagem se beneficia da prostituição de outro. Exemplo: Personagem mantém estabelecimento onde se pratica prostituição;
personagem do jogador pode realizar o trabalho de um rufião.

 

A.5.3. COAÇÃO SEXUAL
Conteúdos em que personagem convence, utilizando de sua condição hierárquica superior ou qualquer outra relação de poder, outrem a praticar ato sexual. Exemplo: Presidiário novato é coagido a ter relações sexuais com os companheiros de cela; personagem é coagido a manter relação sexual com o patrão para manter o emprego; marido coage esposa a manter relação sexual. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso (Lei 12015) ou induzir ou atrair alguém à prostituição ou outra forma de exploração sexual, facilitá-la, impedir ou dificultar que alguém a abandone (Lei 12015).

 

A.5.4. TORTURA
Apresentação de imagens e sons em que haja violência com intensos e/ou constantes padecimentos físicos ou psicológicos da vítima em troca de algo (como uma informação), ocasionando morte ou não. Exemplo: Homem espanca outro para que ele lhe revele onde está guardada uma quantia de dinheiro.

 

A.5.5. MUTILAÇÃO
Cenas de desmembramento de um personagem, vivo ou não, ocasionando dor ou não. Contempla-se também a exibição de partes de cadáveres. Exemplo: Homem corta a cabeça de outro.

 

A.5.6. SUICÍDIO
Exibição de personagem que se mata. Contextos em que o personagem cogita tirar a própria vida também podem ser contemplados nessa tendência. Exemplo: Mulher se joga de prédio; homem consome uma grande dose de medicamentos com intenção de tirar a própria vida, etc.

 

A.5.7. VIOLÊNCIA GRATUITA / BANALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA
Violência sem motivo aparente, por motivo fútil ou, reiteradamente, como forma predominante ou única de resolução de conflitos. Exemplo: Homem encontra outro na rua e esfaqueia suas costas, mas não é apresentada causa ou consequência ao ato; jogador pode agredir livremente pedestres na rua.

 

A.5.8. ABORTO, PENA DE MORTE, EUTANÁSIA
Cenas, diálogos e contextos envolvendo as temáticas deste item.

 

SEXO E NUDEZ

B.5.1. RELAÇÃO SEXUAL INTENSA
Cena, hiper-realista ou de longa duração, com qualquer modalidade de sexo (vaginal, anal, oral, manual) não explícito. Exemplo: Casal mantém relação sexual de longa duração, com detalhes como suor ou orgasmos, mas não é possível visualizar penetração.

 

 

 DROGAS

C.5.1. PRODUÇÃO OU TRÁFICO DE QUALQUER DROGA ILÍCITA
A tendência é aplicada quando se apresenta cena com a produção e/ou comercialização de drogas consideradas ilícitas no Brasil. Exemplo: Apresenta-se a produção de cocaína, uma plantação de maconha ou a compra de haxixe.

 

C.5.2. CONSUMO DE DROGAS ILÍCITAS
Cena com consumo de drogas ilícitas, como cocaína, merla, crack, maconha e drogas sintéticas. Exemplo: Homem inala cocaína.

 

C.5.3. INDUÇÃO AO CONSUMO DE DROGAS ILÍCITAS
Cena em que personagem oferece droga ilícita a outro. Exemplo: Homem oferece cigarro de maconha ao colega e os dois consomem juntos.

 

Atualizado em 20 de fevereiro de 2015