APRESENTAÇÃO DA VIOLENCIA COMO A ÚNICA FORMA OU A FORMA PREDOMINANTE DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

– Os contextos em que estão inseridos os conteúdos inadequados citados no Manual da Nova Classificação Indicativa não têm sido utilizados como tendência de indicação, vinculada a uma faixa etária. Quando utilizados, os contextos têm efeito agravador ou amenizador para a classificação da obra.

11 respostas para “APRESENTAÇÃO DA VIOLENCIA COMO A ÚNICA FORMA OU A FORMA PREDOMINANTE DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS”

  1. Depende de cada cena, mas assim, se a pessoa A está falando mal de parentes proximos a pessoa B, a pessoa B vai brigar com a outra, eu classificaria com 10 à 12 Anos no maximo, mas como disse, depende da cena.
  2. Estou usando o mesmo exemplo do Everton, e tambem classifico como 10 anos!
  3. Que bom que não utilizam.
  4. Concordo com o Everton (10 anos)
  5. Foto de perfil de Lucas Akoti Lucas Akoti disse:
    Concordo com o Emanuel (10 anos)
  6. Concordo com o Everton, pode ser 10 anos.
  7. Pode ser Livre. Talvez nem deva ser um critério de classificação.
  8. Concordo com o Everton!
  9. Apologia a violência sem duyvida merece maior atenção, passando até para 16 anos des de que o contexto todo da obra só leve para este lado, exemplo, o filme Helter Skelter, já um filme de um soldado que vai resgatar alguem e por isto precisa usar armas, não caberia neste critério como o filme Comando Para Matar, onde ele é um soldade experiente e abilidoso, mas não faz propaganda de siua violência embora a situação o “obrigue” a agir assim, ou em um filme como Resgate do Soldado Rian…

Deixe uma resposta