Sobre a Coelba

Nos anos 50, o Estado da Bahia caracterizava-se por possuir uma tecnologia limitada quanto ao fornecimento de energia elétrica. Com a distribuição de luz sendo realizado apenas pela prefeitura de alguns municípios e algumas pequenas companhias destinadas ao fornecimento de luz na capital, além de algumas localidades do Recôncavo baiano, a Coelba entrou como uma forte participante ativa que beneficiou 21 municípios incialmente.

coelba

A data oficial de inauguração da empresa Coelba é 28 de março de 1960 e desde essa data em diante, a empresa vem construindo uma trajetória de sucesso no ramo hidroelétrico. Tal foi a importância de sua participação nos serviços prestados, que não demorou muito até que surgisse a oportunidade de incorporação da empresa Coelba junto aos serviços prestados pelas prefeituras e as demais fornecedoras de energia da região. Uma dessas empresas que pode ser dada como exemplo das grandes parceiras da empresa Coelba, é a Companhia Elétrica Rio de Contas – CERC.

Em 1970, mesmo estando em constante progresso inicial, a Coelba incorporou o sistema de Correntina que era mantido pela Sulvale, além de ter realizado outro feito igualmente importante na mesma época, que foi a inauguração da terceira unidade da Usina Hidrelétrica de Funil. Três anos depois, a Coelba integrou a Companhia de Energia Elétrica da Bahia – CEEB, empresa atuante no Estado desde o ano de 1929 – a sua corporação.

Não demorando mais do que um ano, a Fundação Coelba de Assistência e Seguridade Social, mais popularmente conhecida por Faelba, realizou importantes feitos políticos que serviram para melhorar a reputação da empresa perante aos serviços prestados ao Estado da Bahia. Toda essa trajetória contribuiu significativamente para que em 1977 a empresa contasse com 500 mil clientes em sua carteira.

Assim que os anos 90 começou, a empresa ganhou destaque em sua gestão empresarial, adotando a tática filosófica da Qualidade Total, o que a tornou mais tecnológica quando comparada as outras companhias concorrentes. Tanto foi o sucesso que em 1993 a empresa Coelba tornou-se o maior destaque da época e da região, conseguindo grande prestígio por ser a primeira fornecedora de energia da América do Sul que construiu uma subestação 100% digitalizada. Essa estação está localizada em Salvador, a Subestação Candeal.

Em 31 de julho de 1997, ocorreu a privatização da empresa que veio através de um leilão arrematado pelo Grupo Guaraniana – atualmente tido como Grupo Neoenergia – por R$ 1,73 bilhão. Tal privatização favoreceu tanto os negócios quanto a qualidade dos serviços oferecidos pela Coelba que ainda no ano de 1997 atingiu a meta de 2,5 milhões de clientes ativos. Em 2000 a Coelba comemorou a implantação de seu novo serviço comercial, do qual a deixava mais próxima do cliente e o serviço de teleatendimento gratuito.

Novo método de gestão

Atualmente, a empresa vem construindo uma história de sucesso, com 18 anos de privatização e 5,6 milhões de consumidores atendidos. Tal sucesso se destaca por um forte investimento de capital e na expansão da infraestrutura da empresa, com mais de 260 mil Km de rede, 3,3 milhões de postes, mais de 219 mil transformadores e 331 subestações, que mantém uma política de planejamento de ponta junto ao Grupo Neoenergia, de modo que os padrões de qualidade estejam sempre em constante crescimento.

O novo método de gestão, adotado pela Coelba, trouxe um atendimento de qualidade que é constante para os municípios baianos, com 45 diferentes agências de atendimento fixo, mais de mil pontos da rede Coelba Serviços e 15 agências móveis, montadas principalmente por veículos preparados para levar o consumidor até os serviços da concessionária Coelba.

Sendo uma empresa grande e que se importa com o bom atendimento de seus clientes, a Coelba propôs a eletrificação de zonas rurais, já que a Bahia é considerada o Estado com o maior número de habitantes rurais existentes no Brasil.

Em uma contagem simbólica, nos anos 2000, apenas 53% dos domicílios da zona rural da Bahia possuía energia elétrica. Atualmente esse número cresceu significativamente para 83%. Em 2013, mesmo com um percentual menor do que o atual de beneficiários rurais, a Coelba comemorou a ligação de número 500 mil do programa Luz para Todos na Bahia que incluía os centros urbanos e as zonas rurais.

Coelba www.coelba.com.br

Para quem procura pela segunda via Coelba, uma das primeiras coisas a ser observadas será o site oficial da instituição, que é o www.coelba.com.br e que é um site extremamente simples, objetivo e de fácil navegação.

2-via-coelba

E ao acessar este site, o interessado em saber como proceder para tirar segunda via Coelba deverá verificar as muitas abas presentes na parte superior da página principal do site, já que será nela que ele verá a opção que lhe permitirá realizar seu intento.

Deste modo, o interessado em pagar 2 via Coelba consegue visualizar o que deseja de modo bem simples, bastando inserir alguns dados importantes de identificação para conseguir dar prosseguimento nos procedimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*