Como eliminar o mau hálito

Eliminar o mau hálito é o objetivo de muitas pessoas.

Para ser mais objetivo, milhões de brasileiros tentam se livrar do o mau hálito.

Na rede de internet, existem muitas informações incoerentes sobre como eliminar este horrível problema.

Tais informações errôneas não só serão inúteis para eliminar a halitose como podem até piorar o problema, sobretudo se não estiverem atuando na origem do mau hálito.

Ouço muito no meu consultório muitas dúvidas sobre receitas e dicas caseiras para acabar comse livrar do mau cheiro da boca.

Perante isso, tomei a decisão de escrever este artigo para ajudar mais e mais pessoas.

Dentre as principais causas da Halitose (mau hálito), mais de 80% se originam na cavidade bucal.

Problemas na higiene bucal que provocarão o desenvolvimento da cárie, gengivite (gengiva inchada e inflamada), língua saburrosa, dentre outros, associado também com a presença de caseos amigdalianos, podem causar um mau hálito considerável.

Todavia, é possível já iniciar o tratamento deste chato e inconveniente problema casa e gastando pouco. Vamos lá conhecer?

1. Tome ao menos 2,5L de água por dia
A saliva humana apresenta várias funções, e uma delas é preservar a saúde da boca através da atuação nas bactérias que causam diversos problemas, incluindo o mau hálito.

Quando não há a ingestão da quantidade certa de água por dia, existe uma queda da formação de saliva do organismo.

Com menos saliva na boca, há um crescimento da proliferação bacteriana e da descamação da mucosa oral, que podem causar o mau hálito. Se policiar para beber pelo menos 8 copos com água por dia é primeiro passo para Tirar a halitose.

2.Coma frutas e chás que favorecem a digestão e o trabalho intestinal
Poucos, mas a prisão de ventre pode originar o mau hálito.

Isto ocorre porque os gases originados das fezes que ficam aprisionados são descartados no sangue e, quando chegam aos pulmões, são eliminados através da respiração.

Frutas fibrosas como maçãs ajudam muito na limpeza natural na boca.

Pepinos, Maçãs e cenouras, por exemplo, são considerados alimentos detergentes , na mastigação destes alimentos crus, existe a realização de uma forma de raspagem na parede dos dentes, removendo a placa bacteriana que pode originar muitos problemas, até mesmo o mau hálito.

Além do mais, existem diversos alimentos, como o chás e o suco de frutas(limão, por exemplo), que contribuem na digestão, descartando os gases que podem provocar o mau hálito. Veja abaixo alguns alimentos que podem ajudar a eliminar o mau hálito.

A. Canela e erva Doce (funcho)
Estes alimentos possuem propriedades antimicrobianas, ou seja, combatem os microorganismos e bactérias que podem originar problemas à saúde.

Realizar a mastigação de uma colher de sopa de erva doce favorecerá a produção de saliva, atuando no combate ao mau hálito.

Também pode-se fazer um chá de erva doce ou de canela colocando uma ou duas colheres de chá de sementes da erva-doce em um copo com água quente por 5 a 10 minutos.

B. Cravo e Sala
O cravo e a salsa também combatem as bactérias e são muito efetivos para combater o mau hálito, ainda que seja momentaneamente. Basta apenas mastigar poucos pedaços.

Ainda é possível também fazer um chá com o cravo, adicionando uma colher de chá deixar ferver por 5 a 10 minutos.

C. Suco de limão
O limão é usado como opção caseira para tirar o mau hálito por muito tempo.

Primeiramente ele auxilia a eliminação dos gases que originam o mau hálito.

Segundo porque o limão tem propriedades adstringente e bactericida, destruindo bactérias na boca e em todo o intestino.

E, como mencionei acima, o limão possui uma função reguladora no intestino, diminuindo a quantidade de gases com mau cheiro que caem na corrente sanguínea e são eliminados pela respiração.

D. Chá de Boldo
Há mais de 50 causas para o mau hálito. Uma parcela destas causas é originada por problemas na digestão.

Os gases produzidos na digestão são desviados para a corrente sanguínea e descartados pela respiração.

O chá de boldo contribui muito no processo de digestão dos alimentos, prevenindo que os gases pútridos sejam exalados através da cavidade bucal.

Alimentar-se de determinados alimentos como o café, o álcool, o alho ou a cebola, assim como o hábito de fumar, “ajudam” a piorar o mau cheiro na boca.

Também existem medicamentos que apresentam como um dos efeitos colaterais diminuir a produção de saliva e deixar a boca seca, o que é sinônimo de mau hálito.

Outro fator pode ser uma dieta carente em carboidratos. Tais nutrientes se encontram no macarrão, no pão, no arroz e nos legumes e uma dieta pobre em carboidratos|faz com que o corpo humano use as gorduras como fonte de energia.

3. Reduza a ingestão de alimentos ricos em proteínas, gorduras e alimentos ricos em enxofre
Como estamos discutindo sobre alimentação, vale ressalar que existem alimentos que contribuem para a formação do mau hálito.

Aqui menciono que a proposta não é parar de vez, mas não extrapolar no consumo, como por exemplo:

• Cebola ou alho;
• Queijo;
• Cafés;
• Salames;
• Pepperoni.

4. Ficar longos períodos sem comer
O corpo humano faz uso glicose para gerar energia, e esta vem da alimentação.

Se uma pessoa passa longos prazos sem alimentar-se, o corpo humano começa a degradar das proteínas corporais para gerar energia.

A degradação das proteínas do corpo humano provocam a formação de gases que serão descartados pela boca, causando o mau hálito.

Por isso que é necessário que haja ingestão de alimentos (frutas, por exemplo) a cada 3 horas, a fim de evitar que o organismo utilize as proteínas do corpo para gerar energia.

5. Acostume-se a fazer atividades físicas que diminuem a ansiedade e o stress
Pouquíssimas pessoas sabem disso, mas a ansiedade e o stress diminuem o fluxo salivar, o que pode contribuir para o desenvolvimento do mau hálito.

Focar-se em ter uma vida mais tranquila e realizar atividades físicas auxiliarão para a redução do stress e ansiedade.

6. Ter uma higiene bucal regular e saudável contribui MUITO a prevenir e eliminar o mau hálito
Como mencionamos, não se pode debater em se livrar do o mau hálito sem mencionar a higiene bucal.

Problemas bucais como a cárie dentária, gengivite ou saburra lingual contribuem para a liberação dos compostos sulfurados voláteis (CSV), que originam o mau hálito.

É essencial fazer a higiene bucal pelo menos 3x ao dia ou após as refeições. Limpar os dentes através da escova dental e do fio dental e a língua com o uso do limpador é fundamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*